Wednesday, June 18, 2008

LEVITA SÃO!







Euclides já tinha visto muita coisa na vida mas era a primeira vez que assistia a este fenómeno (outra denominação não lhe ocorria para registar tão insólito acontecimento): o da levitação, tu cá tu lá com a pessoa em tão inacreditável atitude, de tal modo que se permitiu passar com a sua mão em redor de todo o corpo da criatura (como já tinha visto fazer -a considerável distância, a falsos espectadores em sessões de magia) confirmando a inexistência de apoios ou suspensões . Mas o seu espanto não se ficava por aí. Quem levitava era uma portuguesa, desprovida dos membros superiores, inferiores, careca e com uma luzinha na garganta que lhe marcava os batimentos cardíacos. Mas não era tudo. Conceição (São para os amigos) -a graça da lusitana, não se apresentava na habitual posição corporal dos levitantes em tais espectáculos da ilusão: de barriga para cima. Ela levitava de lado. Todas as questões que Euclides lhe colocou tiveram resposta. Com a luzinha no pescoço a acender e a apagar velozmente, tal era a fome de conversa. Que "... com o agravamento do custo de vida dos portugueses, como poderia ter os pés bem assentes no chão? Antes -e por isso mesmo, tinha decidido mandar amputar as pernas, porque sempre era menos a despesa no calçado, nas calças, nas meias... (aqui, Euclides suspendeu a respiração mas ela estava imparável) Com os braços a mesmíssima coisa: nem anéis nem relógio, e menos espaço para a tentação de uma tatuagem. E os pequenos vícios que são mais vícios porque temos mãos e dedos? também já tinham ido para o maneta, que é uma forma popular de referir quem nos corta nos vícios e não só ... para não falar da dificuldade em fazer chegar à boca a alimentação que, pelos vistos, também já e um vício... " Ele interrompeu-a "Mas diga-me cá, há uma coisa que me faz espécie: porque está nessa posição?" Um traço de amargura desenhou-se ao canto da boca de São "Os governantes tanto me têm fornicado com desemprego, salário baixo, imposições e impostos que me engravidaram. E agora, só de lado."

Lisboa, 2008. Texto e foto de Alberto Oliveira.

25 Comments:

Blogger bettips said...

Ah...São, verdes!
Uma posição/amputação estimável, essa, feita anti-vício. Difícil ver um manequim tão são!
(e a pátria entra-te pela porta dentro, pelos ouvidos dentro, mas é feita Lenhador de Lata, todo enferrujado e a precisar de óleo!)
Abraços sãos.

19/6/08 16:46  
Blogger Justine said...

Mais um texto a escorrer ironia por todas as letras, e a mostrar como se pode fazer crítica, e forte, pondo um sorriso no rosto do leitor!
Muito "legível", i.e., estilo já inconfundível :))

19/6/08 23:00  
Blogger JPD said...

Eu acho que da maneira como as coisas caminham -- levitam São -- nada nos irá valer, nem a São Levita ...que para se manter no altar da adolação, muito irá precisar de derreter porta-moedas de cera, em vez de os encher de umas moeditas a quem lá os colocou... Vai mal...

O texto está a preceito, Alberto.
Gostei.

19/6/08 23:04  
Blogger pentelho real said...

e vós acreditasteis na explicação dela!? como os homens são ingénuos...

20/6/08 00:59  
Blogger Licínia Quitério said...

Desculpem o estilo, mas só me ocorre dizer: "engravidada e mal paga". Como tantos de nós, nesta montra de vaidades.

Ando azeda, pois.

Beijinho.

20/6/08 10:32  
Blogger isabel mendes ferreira said...

"Literariamente reservado, corporalmente indescritivel,tecnicamente perfeito."
________________cito_________O.


beijo.


. eu sei, tardio, mas nunca nunca esquecido.


.

"
e seguramente que deixo outro!"

20/6/08 14:48  
Blogger Paradoxos said...

perfeição em forma de palavras :-)

20/6/08 17:26  
Blogger Maria Filomena Barata said...

levitando ando eu ...

20/6/08 17:44  
Blogger Justine said...

Não resisti a dar um saltinho do meu filme até ao teu, só para te dizer que a gata caiu de costas sim, e tu fizeste-me rir à gargalhada com o rabo da Mia :))
Grande abraço, bom fim de semana.

20/6/08 18:57  
Blogger M. said...

Tu és único mesmo. ao teu estilo, ler-te seja aqui ou nos replys que deixas é obrigatoriamente riso.
o poder das tuas histórias é... sei lá.. tens um jeito especial.
só podes ser uma alminha boa.

Eu não estou à espera das letras, perdi foi uma coisa a que todos chamam Tempo e preciso de o encontrar.

Abraçoooooooo

20/6/08 23:15  
Blogger M. said...

Ironia corrosiva q.b. Muito bom.

21/6/08 12:33  
Blogger bettips said...

Olimpíadas? O que é isso, é outra marca de cerveja?
Coisa de "brado" amigo, isso é que é importante para entreter e atiçar bandeiras. Atletas? só se for para a fotografia olha p'ra mim a correr tão atlético (a). Ai alma lusa gentil que te partistes!
Bjinho

21/6/08 17:29  
Blogger musqueteira said...

...levitados estamos faz tempo, no esquecimento dos Mares!
boa semana.

22/6/08 07:39  
Blogger Maria Anjos Varanda said...

A levitar andamos todos....a São é só mais uma.....

Há os que levitam de lado.....os que levitam de costas....de barriga....para cima...para baixo..

Há para todos os gostos...mas de levitar ninguém se livra!!!

mais uma vez parabéns pelo texto..ironia qb...excepcional, como sempre.

Beijo...e boas férias....

22/6/08 14:58  
Blogger ~pi said...

conheço algumas sãos que levitam.

pra bem e pra mal: sempre sentadas, aí uns cem kilos

ainda com mãos
com pés e
cabeça

mas assim também:
vaga mente
ilumin adas :)



~

22/6/08 16:22  
Blogger mcorreia said...

este toque final a roçar o marialva (para não dizer o ordinário)deixou-me preocupada, dado ser caso raro em personagens suas, amigo Legível, mesmo que amputadas desse modo bruto.
Estará o amigo tão estupurado com o país que somos (repito: que somos)que transvasa o mau gosto de tudo para as criaturas dos seus textos, habitualmente ingénuas e doces?
Preocupa-me, amigo, preocupa-me!
receba forte o meu preocupado abraço!

23/6/08 09:53  
Blogger sinhã, a. said...

ai que grande gargalhada. :-)

23/6/08 14:56  
Blogger dona tela said...

Quer espreitar o projecto do meu novo "profile"?

Muito obrigada, mais uma vez.

23/6/08 19:02  
Blogger lélé said...

Engravidada???!!!... E a desgraçada sem hipótese de fazer uma IVG... Desgraçados de nós também com essa impossibilidade!... Ela até cedeu à colocação de óculos escuros onde provavelmente já nem olhos tem!...

23/6/08 19:39  
Blogger lenor said...

Não sei, mas acho que este truque está mal feito: a fotografia apenas rodada. O colar e as pregas do vestuário teriam outra disposição se fosse bem feito. Mas tudo o que está, acaba. E não acabou mal.

23/6/08 22:09  
Blogger Leonor said...

Posi-ção e deci-são um pouco radicais, é certo, mas os tempos, esses they are a changing e todos os cuidados são poucos...

boa semana

24/6/08 00:23  
Blogger Ruela said...

a 1ª vez não consegui ler por causa do título ;)))))))))
já estou a ver a São a caminho de Espanha.


Abraço.

24/6/08 22:54  
Blogger Bichodeconta said...

Uns dias levitamos, outros dias sentimo-nos afundar num abismo... A posição pode trazer mais algum desconforto.. A engrenagem está gasta, não sei se basta óleo para que funcione, parece-me que precisa mesmo de motor novo, ou de alguns grampos trocados.. Valha-nos a posição...

25/6/08 09:42  
Blogger manhã said...

eheheh desafiar as leis da gravidade e as da gravidez!

25/6/08 09:51  
Blogger Auréola Branca said...

Minha nossa! "São" deveria estar a frente da classe cívil que luta por melhorias na qualidade de vida! Afinal, ela é o exemplo do que o capitalismo nos obriga a fazer!

Mas, cá pra nós, como ela consegue levitar de lado?

Abraços.

3/7/08 19:06  

Post a Comment

<< Home