Thursday, May 24, 2007

DAR DESCANSO ÀS LETRAS E LUGAR À MÚSICA

















Um estudo científico recentíssimo, prova que as letras também se cansam. Não sabiam? eu também não, mas lá diz o senso comum que estamos sempre a aprender e no caso vertente, o saber dá imenso jeito, não permitindo assim que preencha o espaço em branco que tenho à frente do meu apêndice nasal, com repetições pouco estéticas e, penso que nada apreciadas por quem aqui passa à procura de algo surpreendente ou, no mínimo, com alguma substância. Se isso tem sido conseguido (ou não), não me compete afirmá-lo nem tão pouco este é o momento para o escriba que aponta o caminho às letras, reflectir sobre tão delicado assunto.
Em reunião que me solicitaram -com o rótulo de urgente e que se realizou ontem, as letras fizeram-me sentir que estão cansadas e pedem um tempo de repouso. Porque lhes reconheço entusiasmo e espírito de sacrifício no seu labor, acedi. Disseram-me, em uníssono, que voltam assim que estiverem de cabeça limpa(?!). No seu lugar, deixo-vos o Grupo de Danças e Cantares dos Professores de Almada no decurso de uma actuação pública e a sua colorida e folclórica música... na expectativa que os leitores tenham a criatividade de a imaginar.
Almada, 2007. Texto e foto de Alberto Oliveira.

50 Comments:

Blogger Maite said...

Caro Legível

Mesmo "cansadas as letras" teimam em correr-lhe ao sabor de uma imaginação muito fértil.
Por mim, é sempre com prazer e surpresa que leio os seus textos. Uma (para não mencionar outras) das grandes qualidades que lhes reconheço é a sua capacidade de a partir de uma situação perfeitamente banal e quotidiana e de uma forma, atrever-me-ia a dizer excelentemente sintética, veicular diversas ideias profundas que cabe ao leitor descortinar. E os comentários que todos aqui deixam, ilustram esta minha ideia.

Tenha uma boa tarde e aguardo por si (pelos seus textos) :)

25/5/07 13:58  
Blogger Eng. Xaxita said...

E existe algum retiro, algum spa, algum campo de férias para as letras?

25/5/07 15:33  
Blogger Teresa Durães said...

descansam as letras, os corpos e os olhos.

para mim ia de férias também (não só de blog mas físicas)

infelizmente sou a única a pensar deste modo por estas bandas

até qualquer dia

25/5/07 16:01  
Blogger Sandra said...

Eu acho que os professores estão cada vez mais afónicos (será do frio? As perspectivas não são nada animadoras: queda de neve em todas as escolas e lugares públicos durante mais um ano!) Valha-nos a imaginação...

Cá te esperamos!
beijinho

25/5/07 19:34  
Blogger lélé said...

Mas és um patrão fora de moda! Qualquer outro, no teu lugar, teria respondido à necessidade de repouso das letras com qualquer coisa do género "É necessário fazer um esforço extra, senão... Bem, já há propostas para introdução de novos alfabetos, portanto, não podemos pensar em repouso."

25/5/07 22:30  
Blogger bettips said...

Letras: Fora de Portugal!
Agora brincando sério: já viste ou assinaste a petição contra o lay off do prog Ritornello, do Jorge Rodrigues Ant 2? Passa no blog do "Dias com Arvores" ou no http://valkirio.blogspot.com, vê e lê. Publicita, se achares bem. Desculpa fazer o apelo aqui, não sei fazer links... E parece que nos estão sempre a nivelar por baixo e nós sem perceber... Abç amigo, desculpa sim?

26/5/07 01:51  
Blogger APC said...

Estás-nos a dar música, não estás?
E, o "pior", é que por palavras tão boas como as outras, as de antes, e as de sempre. Pelo que, ao som da música, esperarei as próximas.
Contudo (com tudo), calcularás que te compreendo bem! :-) Música aceite!!! :-)))
Mas, não tarda mesmo nada, terás que vir dar descanso aos meus ouvidos (lol) e, principalmente, às saudades das tuas palavras. Virás quando também tu as tiveres, bem sei. E isso basta-me! :-)

Até lá,
um grande, grande abraço!

26/5/07 01:59  
Blogger seilá said...

não oiço nada! e ainda por cima não leio nada que as letras apagaram-se (talvez o bébé da Gi?!)
vejo, isso sim, a foto. prof?! mas é tudo velhos, senhores! como chegram eles inteiros e profes>?! explicas-me?!
Abraço e bom fim de semana (molhado?!)

26/5/07 08:02  
Blogger tb said...

tivesse eu a tua qualidade de versejar, que uma cantiguinha aqui iria deixar. Na sua falta, deixo um beijo de admiração pela tua excelente imaginação. e levo comigo a música. :)

26/5/07 15:00  
Blogger un dress said...

...


aTé





...

26/5/07 20:38  
Blogger mixtu said...

meu caro
as letras cansam-se... e são muito pesadas ao autor...
um bom descanso para as letras e já agora para a faculdade de medicina:)

26/5/07 22:15  
Blogger isabel mendes ferreira said...

o descanso do guerreiro "musical".



______________as letras que bebo e ouço.



sagazmente. por aqui. abraço.

27/5/07 08:20  
Blogger Maria P. said...

E nós ficamos a ver a banda a passar...!

Beijinhos**

28/5/07 00:19  
Blogger Whisper said...

Como eu te compreendo...

por cá também andam cansadas, mesmo quando mais precisava delas!

Um abraço

28/5/07 00:29  
Blogger Sea said...

será que elas (as letras), também estão a pensar aderir á greve que se diz geral, na próxima 4ª feira?
hum...?

28/5/07 13:18  
Blogger alice said...

foi precisamente isso que eu fiz, meu caro amigo. dei-lhes descanso. ou então, foram elas que mo deram. o que é certo é que não querem nada comigo. mas depois de ouvir estes belos cantares regionais. talvez a inspiração volte ;) um grande beijinho.

28/5/07 20:35  
Blogger Kalinka said...

Olá,
O teu cantinho está cada vez melhor é mesmo um blog de ELITE.
Adoro ler...ler e reler.
Penso que as minhas «letras» não se sintam cansadas, por enquanto.

Cá vou continuando a passear dentro de Portugal. Desta vez não fui para perto do Mar, mas sim para a planície, campo.

Ao subir a ladeira para o Castelo, dentro das muralhas, encontrei uma pequena loja muito atraente pelo seu aspecto moderno e acolhedor. Entrei e deparei-me com um moço novo que está no início da sua actividade ali, teve uma magnífica ideia, de vender os produtos e ao mesmo tempo, tem uma sala aconchegante e moderna, com as paredes pintadas de um laranja forte, contrastando com as mesas e cadeiras castanhas, que decoram aquele espaço, onde os visitantes poderão degustar os produtos que se vendem na loja: queijos típicos, vinhos da região demarcada do Alentejo, mel de rosmaninho, várias compotas caseiras de diversos sabores, chás de ervas e tantas outras delícias ali expostas.
Também vende artesanato tradicional, peças feitas de corno, mantas alentejanas, botas de pele e, adorei ver uma enorme quantidade de brinquedos antigos feitos de madeira por um artesão que tem 40 anos e vive das peças que faz: o cavalinho de madeira com uma roda, as cadeirinhas em madeira para crianças, a trotinete de madeira pintada com cores vivas…enfim, transportou-me aos tempos de infância. Prometi-lhe que ia divulgar o seu espaço, original e moderno.

Beijokas.

28/5/07 21:07  
Blogger augustoM said...

Dar descanso às letras? Uma boa ideia. Coitadas, como nós, tantas e tantas vezes, puxamos por elas.
Um abraço. Augusto

28/5/07 21:10  
Blogger JPD said...

Bom repouso, Alberto.

Sê breve.

Nas voltas das vogais cá te aguardamos.

Um abraço

28/5/07 22:42  
Blogger foryou said...

Está bem pronto, bom descanso para as letras, mas que não seja longo demais.

29/5/07 09:15  
Blogger manhã said...

não concordo, as letras não se cansam pois se há as que correm sem parar também as há sossegadas e expectantes. Torno ao estímulo, escreve.

29/5/07 10:07  
Blogger Luciana said...

A música tamb´m tem direito à sua vez, mas com letras fica bem mais gira, mas se estão cansadas ficamos apenas com a melodia que formos capazes de imaginar!

Bom descanso e uma volta cheia de entusiasmo!
Beijinhos

29/5/07 10:33  
Blogger Rui said...

Agora, faz como o outro e demora-te.

Siga a música.

29/5/07 12:09  
Blogger un dress said...

bOm.diA.hOje

...

29/5/07 16:21  
Blogger passarola said...

Entretanto deu-se a revolução... as letras do folclore também reivindicaram o seu direito às férias e a música foi atrás. Ficou o silêncio, que por ter que trabalhar menos não se sentia tão cansado! Boas músicas ;)

29/5/07 23:35  
Blogger Sofia said...

Então um bom descanso. Mas se calhar, em vez das letras podias tornar-te em DJ e ir colocando música. Dávas-nos música! ;)

Pela amostra, tens jeito. ehehehhehe

Volta breve, não faças como o outro.

bjs

30/5/07 12:14  
Blogger mulhergorducha said...

É verdade. Eu sou a prova viva desse estudo. às vezes as letras também se cansam. As que saem dos meus dedos e da minha cabeça decidiram tirar uns tempos, mas sem o reconhecerem. Agora o bichinho da escrita voltou, mas noutro espaço.
É que o que esse estudo não diz é que, apesar das letras se cansarem e quererem férias, acabam por querer voltar. É que estar sp de férias também é uma canseira.

:)

30/5/07 13:02  
Blogger APC said...

Aposto que amanhã postas! :-)
Mas não posto que amanhã apostas. Não, isso não... Também há quer limites, né?

:-)

30/5/07 17:21  
Blogger Fortunata Godinho said...

E palavras para quê?
:)

31/5/07 09:35  
Blogger lélé said...

Ó pró Rui a fingir que não é nada com ele!... Vocês dois são cá duma raça!

31/5/07 22:04  
Blogger Joana said...

Quando era uma teen andei a ensair num rancho foclórico... era teen, não pensava... anyway... como aquilo exigia alto nível de coordenação motora que eu não tinha, fiquei como suplente... assim como as letras...
:)
bjs

1/6/07 14:29  
Blogger Nia said...

Estes são professores de Almada?!!!Valha-me Deus...por isso é que o ensino anda cada vez mais embaixo!Nem uma mini-saia nem um cabelo com gel...tssst tssst...que tristezinha!Ai que foste dar "um descanso às letras" agora percebo bem isso...Os alunos de Almada , depois DISTO, nem vão querer saber mais das letrinhas nem do B-A...BA!

1/6/07 18:05  
Blogger pin gente said...

imaginação é o que não falta...
que descansem as letras

1/6/07 18:07  
Blogger lélé said...

Legível, como estou a fazer para todos que me acompanharam neste tempo de blog, agradeço-te muito, mas de coração, todas as tuas palavras. O atrofias morreu.

1/6/07 23:43  
Blogger Licínia Quitério said...

De vez em quando venho ver a banda. Dou comigo a imaginar que letras nos darás depois do merecido descanso.
Fica bem.
Beijinhos.

3/6/07 14:42  
Blogger un dress said...

...


bOa.nOite.


...



beijO

5/6/07 20:29  
Blogger Kalinka said...

Maio, em toda a sua plenitude
e acordo com os ângulos do tempo marcados na pele,
vou de férias...Alentejo!
Parece-me um bom ponto de partida,
sigo, sem destino certo
vou dar a Estremoz e, por aí
É hora de chegar, regresso
e trago tanto por contar
o que vi e senti
queres-me acompanhar?
Uma viagem virtual ao longo de
mil kms. e 4 dias de mini-férias.

Bom fim de semana.
Beijitos de carinho.

8/6/07 08:37  
Blogger Bichodeconta said...

E fechar os olhos , escutar o som e deixar-se levar pela letra.. Bom fim de semana..

8/6/07 09:22  
Blogger CaCo said...

Fico, aqui, sem palavras (porque me levaste as letras) contorcendo-me no fado (e não no folclore), que é a minha imaginação, aguardando uma, após uma, após outra, as letras cansadas que hão-de chegar.
***

8/6/07 17:01  
Blogger João Mãos de Tesoura said...

Estou preocupado... pela foto o grupo nunca se renovou, ou são os professores que estão a envelhecer? :)
Mas como diz o povo, e muito bem, velhos são os trapos! Diverte-te!

Abraço

9/6/07 21:14  
Blogger Suzi said...

Se cansadas elas aparecem assim, tão lindinhas e animadinhas, imagena quando voltarem com força total!!

Beijos, bom descanso e bom retorno, "as soon as possible"!
:o))

11/6/07 16:02  
Blogger Suzi said...

("imagina", eu quis dizer)

11/6/07 16:02  
Blogger un dress said...

~~ ~~

bon.soir

12/6/07 20:49  
Blogger OvelhaNegra said...

Vinha eu toda fresca e airosa, de «pêlo» lavado e cardado, pronta para beber as tuas palavras e eis que cá chegada, afinal, as palavras estão em retiro monástico!
Não desanimei.
Li todas as que estavam em falta. ( E eram muitas!)
Ri, como sempre, com o teu fino humor.
Atrevo-me a dizer um singelo: «Esperamos-te»

Um sorriso.
Um beijo*

13/6/07 20:22  
Blogger Samartaime said...

Uma banda dessas era mesmo o que me convinha! Se tiveres falta de tocadora de campaínhas de portas... avisa-me!

14/6/07 22:17  
Blogger isabel mendes ferreira said...

aquele abraço.







extensível.


_____________________sempre.

15/6/07 17:37  
Blogger seilá said...

e assim te apartaste?!

16/6/07 10:36  
Blogger Pepe Luigi said...

Muito esclarecedor este texto.
Estou perfeitamente de acordo, pois as palavras às vezes necessitam de um certo repouso.

Um abraço
Pepe.

16/6/07 19:40  
Blogger APC said...

Hoje não posto nem aposto! :-(
Mas deixo um abraço saudoso!
Mesmo!
B***

18/6/07 01:16  
Blogger Bichodeconta said...

Lindo este seu trabalho que retrata coisas da nossa cultura... Um abraço muito grande..

18/6/07 15:57  

Post a Comment

<< Home