Friday, May 11, 2007

ACESSIBILIDADES

















Os quatro quilómetros do primeiro troço do Metro Sul do Tejo -Corroios-Cova da Piedade, foram inaugurados com a pompa e circunstância que estas ocasiões exigem(?!). Rezam as crónicas do primeiro dia (1 de Maio, feriado), em que os potenciais utentes tiveram acesso a este transporte , que as composições andaram bem compostas daqueles que quiseram experimentar de facto o metro de superfície por dentro, em movimento e sem a pressão de um dia de trabalho. No dia seguinte, o MST cumpriu os horários estabelecidos mas sem passageiros. E nos outros dias. E até que o troço mais importante (Corroios-Cacilhas) comece a operar, o que se prevê verificar em 2008... Confrontado com o cenário de transporte sem utentes durante largos meses, o responsável pela exploração do Metro afirmou que "Este troço não tem grande utilidade."...
Com exemplos destes, avisados andaram Grupos de Missão, Associações de Doentes Crónicos do Instestino Grosso e a Concessionária do Projecto EANVML (Evacua Aqui Não Vás Mais Longe), com base no Laranjeiro -freguesia situada entre Corroios e Cova da Piedade, ao promoverem estudos aprofundados sobre a frequência de utilização de um sanitário público, fabricado e testado em Taiwan e com informação digitalizada em português-brasileiro e hebraico. E a promessa de que a estética instalação urbana de premente utilidade fisiológica, apenas entrará em funcionamento quando o número de utilizadores cubra as despesas do papel higiénico, descargas de água e ambientador odorífico.
Almada, 2007. Texto e foto de Alberto Oliveira.

37 Comments:

Blogger bell said...

E como se propõem fazer tal estudo? Vão vigiar as casas-de-banho das redondezas? Fazer inquéritos de rua? Cheirar a parte de trás das árvores próximas?

12/5/07 10:06  
Blogger Eng. Xaxita said...

Obras de caca, é o que é...

12/5/07 10:33  
Blogger un dress said...

esses sanitários são assustadores.

nunca mas nunca entraria num!!

reflectindo: serei

claustrofóbica...?


vou então reflectir. depois volto com a resposta...


:)


beijO

12/5/07 13:00  
Blogger Whisper said...

Bem... li, reli e confirmei a minha incapacidade de compreender o verdadeiro alcance da mensagem...

Como hoje estou "birrenta" vou tomar este post como uma forma de sabotar a minha participação na reflexão...

não levem a mal!

:)

12/5/07 18:57  
Blogger Peg solo said...

eh eh eh
ja ouvi estorias sobre essas obras de arte urbana, pelo q se conta, de quando em vez, prendem lá uma pessoa ou duas!
será q ja instalam telefones de sos la dentro cm nos elevadores?

12/5/07 20:07  
Blogger Entre linhas... said...

Votos de um óptimo fim-de-semana
Bjs Zita

12/5/07 20:16  
Blogger Samartaime said...

Ó compadre!... então tu não tás mesmissimamente a ver que é preciso velar pela sustentabilidade do simplex?!

12/5/07 20:27  
Blogger Kanoff said...

- Quem é o teu herói literário favorito?
- D’Artagnan. Por se integrar bem no colectivo. Já sabes: sou de esquerda...
- Pois o meu herói é Robinson Crusoe. Por ser individualista. Já sabes: sou de direita...

13/5/07 08:41  
Blogger JPD said...

Olá Alberto!

Acho que está excelente o relevo dado ao EANVML porque outra coisa não ocorrerá aos IN(utilizadores)do Metro de Superfície a de lhes restar ir evacuar!

Perfeito.
Completamente de acordo contigo.

Só há motivos de orgulho: planeia-se em Portugal de uma forma...


Um abraço

13/5/07 13:35  
Blogger bettips said...

Num estantinho, vou ali e já venho. São modas, são fases, são fezes! Obrigada pelo teu apontamento sobre a cultura "Mac'dada": exactamente assim como penso. Um GA (grande abraço)!

13/5/07 13:55  
Blogger Frioleiras said...

"amazing".... !!!

13/5/07 14:26  
Blogger Maite said...

Caro Legível

Só 3 km?!!!! (Oh diacho!)
Aposto que quem fez o projecto não conhecia a zona e pensou que três km seriam suficientes para chegar a Cacilhas! Só pode ser esta explicação!!!
De qualquer forma...
Parece que no dia da inauguração, o "insuficiente metro" fez feliz muita gente...enfim...

Tenha uma excelente tarde

13/5/07 15:13  
Blogger augustoM said...

Essas pias urbanas são mesmo necessárias. Se vais para Cacilhas e tens de ficar na Cova da Piedade, vem autocarro, não vem, nunca se sabe quando a vontade aperta, e como merda, merda puxa, mais vale ter sempre à mão, perdão, ao cu, uma pia urbana, se tives uns trocos para lá entrar.
Um abraço. Augusto

13/5/07 18:07  
Blogger Teresa Durães said...

ehehehehehehhe

só tenho uma gargalhada!!

Nada muda neste canto desplaneado, credo!!

13/5/07 20:11  
Blogger foryou said...

É o chamado produto de... WC

:P

13/5/07 21:06  
Blogger tb said...

e mais nada, para depois nã ovirem com coisas....ahahahahahahahah
beijos

13/5/07 21:10  
Blogger Maria P. said...

Devem ter sido um Engº que planeou tudo, deve,deve!

Beijinhos e boa semana*

13/5/07 23:33  
Blogger Sofia said...

eheheheh
... é uma casa portuguesa com certezaaaaaaaaa, é uma casa portuguesaaaaaaaaa de certeza!!!

bjs

14/5/07 12:05  
Blogger un dress said...

O graNde iMpas.Se!!!

14/5/07 13:16  
Blogger un dress said...

co.lapso:

aqui me confesso

e.terna

claustro.fó.bica

de sanitários.


pra toda a eternidade. amén!!



beijO :)

14/5/07 13:20  
Blogger isabel mendes ferreira said...

sim....cruzei!




_________________enorme abraço....e que abrace tb a Segura de mim....


________________________.

14/5/07 14:34  
Blogger seilá said...

urgentepreciso contactar-te manda-me um mail com endereço please. nada de grave, mas urgente

14/5/07 16:23  
Blogger Betty Branco Martins said...

Estas "ACESSIBILIDADES" só mesmo em Portugal!!!

Diz_______ e diz muito bem O "Eng. Xaxita"______obras de caca

Beijinhos com carinho BSemana

14/5/07 20:00  
Blogger JPD said...

Olá Alberto!

Está em curso um «Même» e eu achei por bem designar-te.

Pela estima, por tudo!

Um abraço

14/5/07 21:40  
Blogger Baudolino said...

Obrigado pela passagem pelo meu humilde 'estabelecimento'
Boa semana!

14/5/07 21:55  
Blogger Licínia Quitério said...

Parece-me mais um marco de correio gigante. Em fase de montagem? O que é que faltará? Papel!!! E será branco, branquinho. Que a fantasia é aqui que mora.

Beijo.

15/5/07 10:44  
Blogger manhã said...

pois é casas de banho a dar lucro era mesmo bom! e há muitas hipóteses! estão-me imensas a passar pela cabeça mas inibo-me de as contar...eheheh

15/5/07 11:26  
Blogger mixtu said...

yayayay
tem que se poupar, acho bem...
yayayaya
só na serra não há nada disso
yayaya

abraço monarquico

15/5/07 16:32  
Blogger Joana said...

Podia ser daqueles wc que os japoneses inventaram que já têm um sistema automático de "lavagem" incorporado! :P

Amei o texto! lolololll

15/5/07 17:14  
Blogger lélé said...

Queres ver que também tenho um metro aqui mesmo ao pé de casa?... Terei, aliás, quando houver utilizadores que o justifiquem, claro! Por enquanto aguarda que gastem o papel higiénico, que ainda lá deve estar desde que fizeram aquilo!...

15/5/07 23:01  
Blogger Bichodeconta said...

Perdão, mas como se diria no meu Alentejo isto é o que verdadeiramente se chama uma conversa de merda.... Não que o assunto em questão não seja de relevo, bem pelo contrário, certamente já todos alguma vez na vida passaram por horas de aflição... Mas que as ditas pias são super inestéticas, ai isso são... Um abraço Ell

15/5/07 23:13  
Blogger poca said...

bem.. eu quando vejo casas de banho "portáteis" lembro-me da publicidade: saudades do sudoeste?!

agora dessas casas de banho públicas espalhadas pela cidade.. acho que não tenho saudade nem curiosidade de experimentar.. mesmo que tenha papel higiénico!

16/5/07 02:18  
Blogger Sandra said...

Estive a olhar o azul límpido do céu da tua foto e a imaginar a vista daquelas varandinhas com floreiras...não vá o diabo lembrar-se de imaginar que isso não tem nenhuma utilidade ...

16/5/07 11:21  
Blogger M. said...

Perdi o teu endereço de mail. Por favor faz-mo chegar novamente.
Porque o não tenho, deixei esta mensagem no PPP:
"Aos meus amigos do Palavra Puxa Palavra deixo esta notícia triste:
O Sérgio do Diafragma, meu marido, morreu no dia 14.
Não tenho palavras para exprimir a minha enorme tristeza.
Não sei quando serei capaz de publicar a palavra que estava escolhida para esta semana. Quando me sentir capaz de o fazer avisar-vos-ei.
Um grande abraço para todos. Sei que me acompanharão em pensamento."
M

16/5/07 14:50  
Blogger alice said...

quando isso acontecer, já não somos vivos para poder contar a estória... (escrito após imensa gargalhada que terá durado no mínimo largos metros de duração) *

um grande beijinho, legível.

16/5/07 15:59  
Blogger sotavento said...

Tem ambientador odorífico?!... Maravilha!... :)

16/5/07 18:58  
Blogger Klatuu o embuçado said...

BLOG DE UM PLAGIADOR: http://spring-gold.blogspot.com/



http://meninamomentos.blogspot.com/2007/05/um-falso-querer.html

http://spring-gold.blogspot.com/2007/07/no-espero-que-me-entendas-quero-de-ti_02.html

http://tocolante.blogspot.com/2005/04/25-de-abril.html

http://spring-gold.blogspot.com/2007/04/tocou-o-telefone-na-madrugada-l-longe-l.html

http://tsilva.blogs.sapo.pt/108951.html

http://spring-gold.blogspot.com/2007/04/o-nosso-cames-genial.html

http://corta-fitas.blogspot.com/search/label/Tert%C3%BAlia%20liter%C3%A1ria

http://spring-gold.blogspot.com/2007/04/versos-para-as-fitas-de-final-do-curso.html

3/7/07 14:34  

Post a Comment

<< Home