Saturday, March 03, 2007

DAS AFIRMAÇÕES & CONVICÇÕES

















Vocês podem pensar o que quiserem (por exemplo que retirei esta imagem da NET num dia em que dei folga à máquina fotográfica), mas o facto é que a fotografia é minha e foi captada a partir da montra de uma padaria, no mesmíssimo dia em que fotografei o cavalo Ésquilo, na zona do Príncipe Real. Esta introdução é necessária, uma vez que tenho recebido alguns e-mails a contestar a autoria das imagens que por aqui vou editando. Para que conste, o citado cavalo Ésquilo, o Superelefante, o Leãozinho e no caso vertente o senhor Manuel Tavares de quarenta e nove anos, natural de Fermentelos e padeiro de profissão, poderão testemunhar -quando necessário, em defesa das minhas afirmações e honestidade virtual.
......................................................................................................
Não sendo por natureza uma pessoa desconfiada, tenho por norma algum cuidado quando me defronto com afirmações que me pareçam descabidas pelo seu exagero. Esta do "tenho pão quente a todo o momento" cabe perfeitamente nesse contexto. Para me tirar de dúvidas, entrei no estabelecimento e pedi a um dos empregados dois pães de Mafra. «Para embrulhar ou comer já?» devolveu de olhar gozão e com o bigode a rir da alarvidade debitada. «É para meter no saco das perguntas parvas.» retorqui com cara de poucos amigos. Apagou o sorriso do apêndice capilar e passou-me o pão.«Mas este pão está frio! Aquela afirmação na montra é publicidade enganosa!» insurgi-me de imediato. «Não é não. O senhor há-de reparar que na imagem aparece na direita baixa um bonequinho de braço levantado. Logo a seguir, ligeiramente mais abaixo, outro letreiro que informa "de segunda a quinta-feira". Ora hoje é sexta... » concluiu triunfante, Manuel Tavares de quarenta e nove anos, natural de Fermentelos e padeiro de profissão.
Lisboa, 2007. Texto e foto de: Alberto Oliveira

38 Comments:

Blogger PR said...

Haja manteiga. Bom domingo, abraço.

4/3/07 12:17  
Blogger manhã said...

Ui adoro pão quente!

4/3/07 12:47  
Blogger Caçador de Palavras said...

se fosse eu a ti fazia uma queixa à Deco, onde é que já se viu?!?

;-)

abraço

4/3/07 15:02  
Blogger un dress said...

uau!!

de gritUs e apitUs!

pior era se fosse regueifa (que fria se torna...incomestível :))

bom pão pra hoje então!
- de preferência...quente! ;)

4/3/07 15:56  
Blogger Maria P. said...

Pão quente de Mafra?! Foi agora ao lanche! Humm....uma delícia.

Beijinhos com pão e manteiga*

4/3/07 17:17  
Blogger bom dia isabel said...

Sempre com sentido de humor. Coisa rara e difícil nos tempos que correm.
Um beijo

4/3/07 21:49  
Blogger lélé said...

Mas o segundo letreiro não se vê! E lá porque o homenzinho pequenino do lado direito em baixo tem o membro levantado, a publicidade não deixa de ser enganosa, não senhor!... Se bem que, depois destas cenas, eu própria duvidaria do pão quente a qualquer momento!... Sabe-se lá qual é o forno?!...

4/3/07 22:11  
Blogger Lia C said...

Vou dizer-te só uma coisa: uma padaria que apresenta um boneco com um bigode e umas sobrancelhas dessas NÃO É de confiança - deve haver pelo menos um apêndice capilar em cada pãozinho ou brioche saídos daqueles fornos... e mais: se reparares bem na marca de água do papel em que está escrito o anúncio do pão-quente-a-todo-o-momento verás nitidamente estampado o monstro do pão frio. E com isto tudo acho que já disse mais do que uma coisa, por isso aproveito e escapo-me. Com beijos muitos.

4/3/07 23:04  
Blogger Nothing more than me said...

Pãozinho apetitoso, este texto! .-)

5/3/07 05:21  
Blogger alice said...

este post abriu-me o apetite. não comi ainda. estou aqui às voltas com os teus comentários. achei tão bonito. e claro que vou publicar. deixa-me só ir buscar pãozinho. ao homem da foto ;) obrigada, legível e um abraço que dure uma semana...

5/3/07 11:18  
Blogger Licínia Quitério said...

EU, Tavares de Fermentelos, TENHO, às quintas feiras, PÃO de Mafra, bem QUENTE, a ponto de escaldar a língua de TODO O cegueta que só leia as gordas. Pode acontecer a qualquer MOMENTO.


P.S. Foi o que eu li. Pudera, sou de Mafra.

5/3/07 11:44  
Blogger Licínia Quitério said...

Faltou-me um A gordo. Sou de Mafra, mas não sou muito esperta.

Beijinhos.

5/3/07 11:47  
Blogger sea said...

«É para meter no saco das perguntas parvas.»
lOl
adorei :D

Sr. legível, Sr. Legível, não se presta atenção aos letreiros, depois dá nisso :D:D
beijos

5/3/07 13:22  
Blogger Rui said...

Adozinda parou em frente da montra para se ajeitar a franja, que teimava em lhe cair para os olhos. O letreiro, mas ainda mais o boneco, fizeram-na sorrir.
Subitamente, sentiu-se observada. Olhou em redor, mas não viu ninguém suspeito - apenas um cavalheiro que segurava uma câmera fotográfica se afastava, mas já ao fundo da rua.
Observou mais atentamente as janelas do outro lado da rua. Ninguém.
Foi então, os observar mais atentamente o letreiro que percebeu que estava lá uma figura representada, que a parecia espreitar por entre as letras. Uma aparição!
Adozinda - crente até à medula - ia já ajoelhar-se e rezar um Pai Nosso, quando reparou num outro pormenor: o cartaz ao pescoço do boneco. Lampiona até à medula da medula, sentiu-se traída. Fez um manguito à montra e disse bem alto: - Espero que te engasgues numa côdea!

5/3/07 16:08  
Blogger Rui said...

(há ali umas letras a mais... exagerei no fermento)

5/3/07 16:09  
Blogger Sofia said...

Hummmm senti agora mesmo o cheiro do pão quente com manteiga.....

5/3/07 18:24  
Blogger alice said...

já devidamente alimentada pela sua ternura, venho comunicar-lhe o meu enorme obrigada. espero que não se arranje um "trinta e um" por causa da fotografia que escolhi. é uma palavra que escreveste. e que só uso em ocasiões muito especiais. a intenção lá é só uma. como sabes. adorei, legível. foi realmente uma carta maravilhosa. muito obrigada. um grande beijinho. "amo-te" ;)*

5/3/07 19:10  
Blogger poca said...

sim.. é preciso esclarecer.. e saber o que se diz :)

5/3/07 20:42  
Blogger JPD said...

Olá Alberto

Claro que não há razão nenhuma para pensar -- seja quem for -- que a edição de imagem tem direitos autor -- os teus! -- consagrados.

O texto está excelente, com as habituais nuances para gravar na memória.
Gostei muito.

A segunda nota vai para a excelente carta da colaboração com «A TRADUÇÃO DA MEMÓRIA»

Simplesmente brilhante!
Parabens!

Finalmente, estás convidado a espreitar http://osuordabelha.blogspot.com
Estou convencido que poderei mante-lo vivo, dedicado exclusivamente a narrativas. Ver-se-á. Aparece por lá. Serás bem acolhido!

Um abração

5/3/07 21:41  
Blogger tb said...

pois, é o que dá não ler as letrinhs miúdas... gosto de Fermentelos, do pão não sei. :)
bjocas

5/3/07 22:26  
Blogger isabel mendes ferreira said...

eu não penso....logo não existo...


:)))

Querido Legível (com todo o respeito) passo para dizer que "amei" o seu texto na Alice....


_________________só isto.



beijos....Seguramente.

5/3/07 22:38  
Blogger APC said...

Desculpa. Percebi que comentei, lá atrás, vestida de pão de centeio. Venho aqui, agora de ázimo, para te deixar, não umas migalhinhas, mas uma açorda, de afecto.

Nota: em minha defesa, tenho a dizer que desconfiei, logo de início, que as metáforas paníferas não fossem cá mester em que pudesse augurar grande sucesso, mas precisei ter a certeza. Já tá! :-S

6/3/07 00:41  
Blogger passarola said...

eu acho perfeitamente compreensível... se à segunda não há peixe fresco, por que é que o pão não pode ter também um dia para não vir quente... e acho que conheço essa pastelaria, se é a mesma que eu penso, ía lá muitas vezes ler o jornal com o café aos domingos, depois modernizou-se, encheu-se de malta nova e do som de uma rádio fm em altos berros e eu deixei de ler o jornal!! :) Agora só lá vou de vez em quando comprar umas caixas de biscoitos bons que costumam ter.. eh eh.. se não é o mesmo, tem um pasteleiro na montra muito parecido :) boa semana!!

6/3/07 01:37  
Blogger Presença said...

Hum... pao quente pela manha...

É caso para dizer, nunca deixar de ler o rodape. Quem quer apanhar normalmente é apanhado. risos

Bjo carinhoso

6/3/07 01:53  
Blogger Maite said...

Caro Legível

Ora, mas a história ainda não acaba ali, claro.

Perante o júbilo do sr Manuel Tavares, o Legível saiu da padaria e desembainhando a sua espada... zásss... cortou o pequeno boneco em dois e equilibrando-o na ponta da sua espada, abeirou-se da porta e disse "E agora faça o favor de colocar um boneco e um letreiro com as dimensões adequadas". Voltou a embainhar a espada e antes de virar as costas à cena, ainda conseguiu ver o ar estupefacto do sr Manuel a dizer "Ora, nunca uma destas me tinha acontecido em tantos anos de profissão!". No dia seguinte verificou, com satisfação, que as devidas alterações tinham sido feitas. :)

Tenha um óptimo dia

6/3/07 09:45  
Blogger bell said...

A informação estava lá, escondida, mas estava! Era tudo uma questão de observação. A publicidade não era enganosa, mas a intenção era enganar.

6/3/07 09:57  
Blogger bettips said...

Florescem enganos, piadas e surpresas sempre. Porque és o actor principal...! Abç

6/3/07 12:53  
Blogger segurademim said...

... quem te manda ir comprar pão em bairros duvidosos, hein ?!

aqui na periferia há pão quente a horas certas. não há nada que enganar. do minipreço, às pastelarias com repartição de pão, é um cheirinho com variedades e tamanhos de encher o olho!!!!

os padeiros são asseadinhos e as meninas depiladas semanalmente

que gajo chunga! ainda entraste?! you lost your feelings!!!!!

6/3/07 17:52  
Blogger Conceição Bernardino said...

Olá,

Povo

Ò povo que trais sem saber
O corpo que cansada da luta não
Pode ver

Ò néscio que não tiveste
Quem a ti te ensinasse
A andar.

Ò triste que caminhas com os
Pés dos outros,
Sem saber no que estás a pisar!

Poema da autoria de LILIANA BARRETO do LIVRO POISEIS II

Desejo-te uma bela semana, na companhia deste belo poema que encantou os sentidos.

Beijinhos ConceiçãoB
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

6/3/07 22:48  
Blogger sotavento said...

Amigo, não tenho tido tempo nenhum, só por isso ando tão afastada!... :|

Mas pão quente é aquele apelo inigualável!... :)

6/3/07 23:34  
Blogger Cusco said...

Olá! Vou guardar essa do” é para meter no saco das perguntas parvas”…Acho que lhe vou dar bastante uso.
Como sempre muito imaginativo, humorado, leve e bem escrito.
Poderíamos sempre pedir ao Sr. Tavares : -Então quero um dos de ontem..
Parabéns e até breve
SE DEUS QUISER

7/3/07 10:12  
Blogger Sandra said...

Voltei a sair para confirmar o que acabava de ouvir. O letreiro de baixo, minúsculo, continha uma letras tão pequeninas e fugiam tão depressa, que para as apanhar fui obrigado a colocar os meus óculos de míope. O letreiro de baixo, dizia eu, confirmava o que Manuel Tavares acabara de dizer-me.

"Ora, ora, isto é fazerem-nos de parvos...quem julga aquele espertinho que é?"

Voltei a entrar e procurei um tom de voz alto e seguro:
- Queria o livro de reclamações, se faz favor.
- Mas está descontente com alguma coisa? - perguntou-me Manuel Tavares,agarrando-se ao seu bigode murcho.
-Descontente...eu?! Meu amigo, eu vim cá de propósito. Este pão foi-me recomendado por uma amiga minha, a L. ...
-A L.?? Por que razão não disse logo, homem de Deus! - exclamou Manuel Tavares - Espere lá, espere lá...
Baixou-se, abriu a porta de um armário e retirou de lá dois pães, ainda a fumegar. Antes de mos dar, porém, perguntou-me ao ouvido:
- O meu amigo já votou? Não se esqueça, olhe que isto é uma Maravilha!...

Beijinho

7/3/07 11:09  
Blogger inBluesY said...

clap
clap
clap

(isto é um bater de palmas!)

divinal o saco das perguntas das perguntas idiotas, chato mesmo são os sss da vida, são do mais pequenino que conheço, mas, sempre pronmtinhos a supreender a malta.

bjs

7/3/07 19:20  
Blogger inBluesY said...

quanto ás fotos, oh meu amigo! tu deixa lá isso, as pessoas tem que aborrecer os outros, senão que seria da vida deles, é uma dádiva tua essa que ofereces ehehhee ele sempre existe com cada um...

7/3/07 19:21  
Blogger Luna said...

Então o menino queria pão de Mafra quentinho a uma sexta feira, e não reparou no dedo do beneco, que desilusão, bemmm voltaste na segunda?
jinhos

7/3/07 20:47  
Blogger seilá said...

Que produção, amigo! vinha eu comentar o panito quente e, por tabela o ursinho e deparo com mais literatura e a esta hora, deuses terei que deixar, quiçá, para o fim de semana!

8/3/07 00:43  
Blogger Joana said...

loooooooooolllllllllll!
Ora toma e embrulha!
o cliente nem sempre tem razão!
:)

11/3/07 13:01  
Blogger Pyny said...

Isto do copyright tem que se lhe diga...Concordo com o caçador de palavras quando fala em queixa à Deco! :P

11/3/07 13:54  

Post a Comment

<< Home