Thursday, January 26, 2006

O CÃO PRODÍGIO















Ora aqui têm! E não me venham com reclamações que o animal não é nem pouco mais ou menos parecido ou da raça do Milou do Tintin. Não é. E de que estavam à espera, posso saber? De milagres tecnológicos? De clonagens caseiras?! Ou, provavelmente, que algum canino me cravasse a dentuça enquanto eu lhe disparava a máquina fotográfica na focinheira... para se partirem a rir com a desgraça alheia?!
Este animal foi por mim seleccionado (atendendo aos vossos insistentes pedidos...), porque de entre todos os que fotografei, reune predicados absolutamente originais. Se atentarem bem na imagem, hão-de reparar que ao bicho lhe faltam as duas patas traseiras. Melhor ainda; consegue equilibrar-se nas duas restantes patas! É evidente que só pode ser um cão habituado a muitas e aventurosas experiências e de que Tintin, na falta de Milou por lesão, muito se orgulharia de ter no banco...
Mas há mais. Dos cinco cães de que captei imagens, num trabalho de grande rigor profissional e risco sempre presente, este, foi o que menos perguntas me fez, não evidenciou sinais de vedetismo, garantiu não ser apresentador de continuidade televisivo nem radialista, que não escreve no Expresso, nem é um fazedor de opinião com um penteado estrambólico, não preside a uma SAD futebolística nem a uma Câmara Municipal, não nasceu em Boliqueime, nem é poeta, não frequenta a praia do Vau, não fala da despenalização do aborto quando se discute se há vida em Vénus, não sabe dançar e não percebe peva de leis. Tão pouco, alguma vez ouviu falar numa prancha de banda desenhada. Em síntese: é um autêntico cão-comum. Façam-lhe uma festa no pêlo que bem merece...
Foto de: Alberto Oliveira.

51 Comments:

Blogger  said...

Este animal foi por mim seleccionado porque de entre todos os que fotografei, reune predicados absolutamente originais...

Creio que te enfiaste numa pequena alhada, revelaste que fotografaste outros bichanos, o que só me leva a crer, cada vez com mais convicção que vives num barco (e tu sabes que barco estou eu a falar), e em segundo lugar, vais ter que te sujeitar a uma revolta dos bichanos que merecem o seu lugar ao sol; tal como este, que a propósito, não revelaste o nome, foi intencioanal?
Se o gato se chamava Rikardo, talvez o cão se chame Arm@ndo, ou coisa que o valha!
Tu lá sabes!

25/1/06 18:40  
Blogger sem cantigas said...

boa pé! excelente!
só me resta dizer que o alberto desta vez foi preterido pelo legivel

25/1/06 21:09  
Blogger A.na said...

Acredita que nem com
uma caneta,um bloco,um PC
e umas palavrinhas atiradas lá para dentro eu me safava...O
pé não largava o chão nem por um segundo.
Está visto...cada um com
asas feitas á sua medida e feitio.
Gosto desse feitio...mesmo que tenhas enfiado "pé"
na alhada!!;)

Beijos meu A.de Azul.Muitos.

25/1/06 22:01  
Blogger JL said...

Ora bem: já tivemos arroz de pombo; cabidela de coelho (como tal gato); não restam dúvidas: o próximo prato será cabrito no forno. Limpinho!

Este cão, caro legível, não é desses outros, mas podia muito bem ser. Tem estilo.

25/1/06 22:12  
Blogger @ said...

Mas tem ar triste, não deve de ter recebido o suficiente para se equilibrar só nas 2 patas. :-)

25/1/06 22:15  
Blogger Lagoa_Azul said...

Mas amigo legivel, isto é a barca de noé e eu nem sequer deconfiava, bem que me sentia aqui enquadrada demais...deve ser por ter uma "Nina" caniche :)
Amanha vou lhe fazer uma lista com mais animais que tenho ali na capoeira e nas gaiolas, já cá passo...
Entretanto beijos com carinho..

25/1/06 22:24  
Blogger I said...

O teu cão parece um carrinho de mão!!

26/1/06 01:38  
Blogger I said...

...e o título NÃO É "carrinho de mão" , yyyeeeesssssss!!!!!!

26/1/06 01:39  
Blogger Flor said...

não estava ao corrente desse casting teu!
O milu tinha mais pêlo branco que castanho ( nos dias em que estava lavado)
Uma 2dª volta para um casting?
é que posso mandar o meu bichanito!
:-)
beijo grande

26/1/06 10:49  
Blogger vadiano said...

assim a olhar para o lado como quem nao quer a coisa mas quer...

26/1/06 11:18  
Blogger Phi@ said...

ai e os animais são nossos amigos...lálálá...bxox

26/1/06 11:38  
Blogger sotavento said...

Ah, agora sim, de cães-comuns gosto, pois!... :)

26/1/06 12:42  
Blogger Flor said...

agora percebo porque te apetece uma sesta...isso de andar a fotografar cães comuns dá muito trabalho1
Vá lá acorda pois agora quero ver como vais encontrar um capitão Hadock ou ainda o professor Girasol!!
beijo sonorento (também dormia )

26/1/06 15:55  
Blogger manuel said...

o cão ideal para colocares à porta do prédio com o letreiro pendurado no pescoço: "cuidado com o cão!"

abraços

26/1/06 16:17  
Blogger Black Rider said...

Um cão com o seu quê. É sempre de desconfiar dos cães que fazem perguntas a mais.

abraço

26/1/06 16:25  
Blogger sonia said...

Coisa mais linda, é o que eu tenho a dizer. beijinhos

26/1/06 20:24  
Blogger Armando S. Sousa said...

Excelente e cáustico quanto baste!
Um abraço.
Quanto ao o cão se chamar Arm@ndo, Pé, sobre esse assunto até me apetece dizer um palavrão.

26/1/06 21:43  
Blogger segurademim said...

Se o "prodígio" evidenciasse sinais de vedetismo é que a coisa estava "preta"... porque palmas são todas para ti, não é?? nada de concorrências próximas, afastadas ou assim-assim!!! vá de retro que o verdadeiro artista é egocêntrico qb para pôr qualquer prodígio a milhas!!!!!

o que acho mal é que não tenha nascido em boliqueime-o!!! raios ta parta ó cão!!!

;)

26/1/06 22:15  
Blogger marcox said...

é bonito o bobby sim sr!

27/1/06 01:24  
Blogger Flor said...

Venho só deixar um bom fim de semana para ti
beijo grande

27/1/06 11:15  
Blogger Rui said...

Este cão já trabalhou no circo, nota-se à légua. Todo o porte, a pose, o dar a outra face à camera. Todo ele é postura de quem já actuou para outros públicos.

27/1/06 12:27  
Blogger  said...

Armando Esse

?

27/1/06 13:15  
Blogger manhã said...

Tem um aspecto simpático. Adoro cães e gatos,e não posso ter os dois.Acho que estes dramas são muito comuns em vários aspectos da vida! Este faz lembrar um "vira lata"

27/1/06 18:04  
Blogger legivel said...

Para pé:

É verdade que tenho fotografado outros animais.
Garanto que todos os animais que tenho fotografado têm o seu lugar ao sol... ou à chuva, conforme as variações metereológicas.
Nenhum deles vive em minha casa e duvido que alguma vez tenham posto uma pata num barco....
dei o nome ao Rikardo; o cão seria o Lilou do Tintin...
Não me meto em alhadas nem em ceboladas...

27/1/06 21:31  
Blogger legivel said...

Para semcantigas:

O que vale é que estás sempre animada... com os azares de um deles...

27/1/06 21:34  
Blogger legivel said...

Para a a:

Não te substimes... que não é caso para isso.
Se nem eu tenho asas... O que seria uma fonte de problemas, já imaginaste? «Ó pá, tu das asas! leva-me ao emprego que hoje o trânsito está caótico!!»

Beijos azuis... para disfarçar o cinzento dos céus...

27/1/06 21:39  
Blogger legivel said...

Para jl:

Ora aí está uma boa sugestão para o almoço de amanhã!

Eu diria mais, elegância; pedi-lhe educadamente se podia fotografá-lo e ladrou-me educadamente. O intérprete, que anda sempre comigo para casos linguísticos mais difíceis, traduziu que "tudo bem, se não fosse para aquelas revistazecas cor-de-rosa, que não se queria ver despido tão publicamente". Quando soube que era para um blog, piscou um olho e a tradução do ladrar veio logo a seguir: "ainda bem! que isso é em circuito fechado..."

27/1/06 21:48  
Blogger legivel said...

Para @:

Tinha acabado de perder um lugar na redacção de um diário de referência para a coluna "cães como nós".

27/1/06 21:54  
Blogger legivel said...

Para lagoa azul:

Nunca tive uma "Nina caniche"; tive, isso sim, um papagaio que fumava haxixe... sem meu conhecimento.

Agradeço que não me envie animais vivos; mande-me já cortados e prontos a cozinhar, está bem? Obrigado.

Beijos e um óptimo fim de semana!

27/1/06 22:15  
Blogger legivel said...

Para i & c:

Parece que está alguém a segurar-lhe as patas traseias, não é?

(como é que ela teria adivinhado?!)

27/1/06 22:18  
Blogger legivel said...

Para i & c:

Pois não; é "O Cão Prodígio".

(há quqalquer coisa que me está a escapar... )

Tem um óptimo fim de semana!!

27/1/06 22:20  
Blogger legivel said...

Para flor:

Pois; o Milou era o cão que não pouco amigo da água... Cheirava a cão à distância!

Não. Não mandes o "teu bichanito" que nos tempos mais próximos não há castings, nem animais. Já chega de bichos por uns tempos.

Beijo grande também para ti e um belo fim de semana!

27/1/06 22:28  
Blogger legivel said...

Para vadiano:

Sim; pedi-lhe para fazer esse focinho de "desinteressado" para aparecer na imagem como um cão de nível social elevado... mas sem um cêntimo no bolso para comprar um osso...

27/1/06 22:36  
Blogger legivel said...

Para phi@:

Bom... não me queiras comover, que há bem pouco tempo fui de visita às terras de um amigo meu ali para os lados de Benavente e só não fui apanhado por um toiro, que corria amigavelmente para mim, por puro milagre e alguma agilidade cá do je.

Beijos.

27/1/06 22:41  
Blogger legivel said...

Para sotavento:

Eu sabia que sim. Que dos outros, são demasiado altaneiros e... curtos de vista...

27/1/06 22:45  
Blogger I said...

Legível eu explico: da outra vez como sou despistada, não li o título e desatei a contar-te a parábola do filho pródigo. Desta vez LI!!! e tentei fazer uma piada mas parece que não consegui... :-(((

27/1/06 22:49  
Blogger legivel said...

Para flor:

Se dá! É que já não há muitos que se prestem a isso...

estes comments (para não variar...) sairam cheios de gralhas.
Na minha resposta ao teu anterior, deve ler-se, referindo-me ao cão Milou, que "...era pouco amigo da água; cheirava a cão à distância...".

28/1/06 10:22  
Blogger legivel said...

Para manuel:

Dístico que viajou da Roma antiga até aos nossos dias (cave canem)* e afasta os amigos do alheio receosos de uma dentada nos fundilhos.

* A minha cultura é vastíssima como é do conhecimento geral e não me ensaio mesmo nada para sempre que há oportunidade (e mesmo que não haja!) de o demonstrar...

Abraços.

28/1/06 10:30  
Blogger legivel said...

Para black rider:

... seleccionei-o precisamente por ele (o cão), "não me fazer muitas perguntas...".

Mas não tem mal, saltar uma ou duas linhas de texto; importante mesmo, é desconfiar do "cão que ladra... não morde".

Abraço.

28/1/06 10:35  
Blogger legivel said...

Para sónia:

O texto, o cão ou... eu?!

(eheheheh)

Beijinhos.

28/1/06 10:37  
Blogger legivel said...

Para armando ésse:

Por absoluta coincidência (até porque me comenta raramente, aqui no neste blog), um dos comments anteriores, tem por detrás do seu nick name, o nome de Ricardo. Porque no meu texto, dei ao cão o nome de Rikardo, seria lícito que este Ricardo também lhe apetecesse dizer um palavrão ?
Manda o bom senso dizer que não; foi o que ele fez.

Abraço.

28/1/06 10:50  
Blogger legivel said...

Para segurademim:

Um cão nascido em Boliqueime dificilmente seria um "verdadeiro artista". Porque é sabido comumente, do horror às "artes" dos seus naturais*, à frente dos quais se encontra o seu grande timoneiro Cavako Mareante da Silva.

* Salvo erro ou omissão, que a votação maioritária no homem que prometeu levar o país a bom porto?!, assim o indica...

28/1/06 11:00  
Blogger legivel said...

Para marcox:

Isso dito assim ao telemóvel, só te fica bem...

28/1/06 11:01  
Blogger legivel said...

Para flor:

Que também tenhas um enorme e óptimo fim de semana.

Beijo.

28/1/06 11:08  
Blogger legivel said...

Para rui:

Bem observado! Deves ter clicado na imagem para veres o animal ao pormenor e detectares a cicatriz na orelha direita; foi quando se estatelou do trapézio, no Coliseu dos Recreios em Lisboa.

28/1/06 11:11  
Blogger legivel said...

Para manhã:

Também eu não. Por muita estima e conforto que se dê aos animais, estarão sempre em cativeiro. Mas reconheço que também fazem muita companhia...

É mesmo um vira-lata; andava pela rua a farejar os caixotes.

28/1/06 11:15  
Blogger legivel said...

Para i & c:

Percebi perfeitamente "às primeiras"!, também procurei fazer uma piada e ... não fui entendido.

(será que não temos piada nenhuma?!)

28/1/06 11:19  
Blogger JPD said...

Pois merece.
Um cão assim é o verdadeiro amigo que qualquer amigo de animais adorará conservar.
Já escolheste o nome para o dito?
Um abração

28/1/06 17:33  
Blogger legivel said...

Para jpd:

Caro José:

Este cão não tem nome... que eu saiba. É um cão de rua, que passou aqui pelo blog ocasionalmente. E não volta cá, porque hoje reparei que me deixou aqui uma pulga...

Abração.

28/1/06 18:21  
Blogger mood said...

Curti o conceito! :)

29/1/06 18:11  
Blogger legivel said...

Para mood:

... era mesmo para curtir...

(tenho de ir ver o raio do post que já não me lembro do que tratava...)

30/1/06 16:16  

Post a Comment

<< Home