Monday, April 14, 2008

(DES)ACORDO COM SOTAQUE






Com a rotunda barriga aterrissada sobre a toalha azul que não o impedia de sentir a frialdade da areia, as mãos a apoiar o queixo e o olhar divorciado do sobe-e-desce das oceânicas ondas, perguntava-se agora porque razão tinha enfiado a família na carrinha wolkswagen e rumado à Fonte da Telha. Nem a meteorologia previa um domingo de sol à bessa, nem os valores da temperatura máxima se situavam -pelo menos, ao nível dos derradeiros dias de uma Primavera à séria, que de primaveril só tinha tido o nome. Pior ainda, a decisão de zarpar fôra tão rápida, que Amândia -sua dedicada companheira, nem tempo tivera de comprar rissóis e cervejas para os adultos e picolés para a gurizada. (Valeu a solidariedade do autor do texto, e a passagem pelo local, oferecendo duas loirinhas do seu harém privado -que se distiguem na imagem, para os mais encalorados.) Lentamente, deixou-se vencer pelo sono. E sonhou que jogava futebol (o seu esporte favorito), a areia da praia era agora um gramado cor da esperança e driblava toda a família -qual Ronaldinho Gaúcho, para logo a seguir rematar ao gol. Era um celebrado e bem pago artilheiro... Saiu na hora, antes mesmo do apito final, para receber a ovação da torcida. Na cabina, depois de uma revigorante ducha, vestiu seu terno azul de campeão. Foi neste momento do sonho que, com ternura, Amândia o acordou "Vamos andando Indalécio, que não tarda nada, cai uma carga d´água que até os cães a bebem de pé." Ele piscou os olhos, olhou o céu cinzento, sorriu e disse "Que bobagem! Sonhei que era consultor da Vodatronix e embora não ganhasse ainda uma nota preta e tivesse muita dificuldade em apanhar o bonde para Sete-Rios, peguei um trabalho certo... " Ela sorriu condescendente "Mentes tão mal, mas de fato fica-te a matar esse sotaque."
Quarteira, 2007. Texto e foto de Alberto Oliveira.

24 Comments:

Blogger lenor said...

Não fosse dito que era sotaque, não era sotaque, era brasileiro mesmo.

16/4/08 01:19  
Blogger Luz said...

Não é sotaque, é um súbdito fiel do acordo ortográfico... :p

Bjinhos :)

16/4/08 10:56  
Blogger Maria P. said...

Tou gostando viu!:)...

Beijinhos e sorrisos de acordo?!:)

16/4/08 13:22  
Blogger mixtu said...

yayay
comecei a ler:
- mas este gajo é brasileiro
- é o acordo ortografico e hidrografico?
- afinal era sotaque
ah! desgraçado...

yayaya

abrazo serrano

inté

16/4/08 15:19  
Blogger JPD said...

Olá Alberto

Já viste: está mais do que consagrado que «sempre que um homem sonha o mundo pula e avança»

Se o homem, com sinceridade, diz à consorte que sonha, ela ou condescende ou alimenta o fantasma do "pular da cancela!"

Por cima disso tudo, há agora a desconphiança sobre o «acordo ortographico (!!!!!) para escamotear os puristas da lingua -- phalada, lida (!!!) e escripta -- né!!

T'abraço, valeu!

16/4/08 19:01  
Blogger Pilantra said...

E eu que esperava uma bomba ortográfica e afinal... é só sotaque!

16/4/08 23:52  
Blogger lélé said...

Não diria tanto que é sotaque!... É mais só-tiques... Tipo aquele português que vem de passar uma semana em Inglaterra e exclama: "Ah! Aqui conduz-se pela direita?..."

17/4/08 01:51  
Blogger Lyra said...

Ok, concordo com o sotaque e discordo com o acordo! (risos)
Mas só não percebi duas coisinhas:
1 - Os cães não bebem água de pé no Brasil? (mais risos)
2 - Porque raio é que o Idalécio mentiu à Amândia? Hum? (risota à séria).

Beijinhos e até breve.

;O)

17/4/08 10:12  
Blogger Rui said...

Idalécio rolou os olhos nas órbitas e lambeu a baba que lhe escapava pelo canto da boca. Virou-se de barriga para cima e contemplou o céu e as costas da mulher.

- Amândia, de que vale o céu azul
e o sol sempre a brilhar
se você não vem?
- Bobage sua, eu venho sempre. Ocê mi dá prazê.
- E eu estou a esperar
só tenho você
no meu pensamento
e a sua ausência é todo meu tormento.
- Eu tumbém só tenho ocê em meu pensamento, vice?
- Quero que você me aqueça neste inverno
e que tudo mais vá pro inferno.
- Ainda bem que ocê fala nisso: temos qui i no Vila Real de Santo António comprá roupa d'inverno.
- De que vale a minha boa vida de play-boy
se entro no meu carro
e a solidão me dói.
- Compramo tumbém uma almofada prá pô no assento do carocha.
- Onde quer que eu ande
tudo é tão triste
não me interessa
o que de mais existe.
- Ahh, fartei di dizê prócê num vê a partida, cê sabe qi lhi fáis mau pró coração.
- Quero que você
me aqueça neste inverno
e que tudo mais vá pro inferno.
- Eh, aquilo tá um inferno.
- Não suporto mais
você longe de mim
quero até morrer
do que viver assim.
- Seu bôbo...

17/4/08 10:47  
Blogger Justine said...

Gostei da tua maneira irónica e divertida de criticares o chamado acordo ortográfico, mais um dos disparates que se estão fazendo nesse nosso país...

17/4/08 12:53  
Blogger ~pi said...

çutak çutak

acim é ké!!...:)

17/4/08 17:07  
Blogger Vanda said...

...E rolou um show de bola, cara!!! :)


Pena terem acordado o tuga!! :)
...que para se animar, deu cabo das duas louras :)

Beijos e :)

17/4/08 19:57  
Blogger RC said...

Amândio- o nome do homem da minha vida.

Xi.

17/4/08 22:56  
Blogger Azul said...

Oh senhor legível. Espere ai um cadito, que eu agora não tou capaz de falar, das gargalhadas que me provocou! lol Valha-me deus; deus seja louvado, por tão alto espírito desenvolto a criar situações destas, tramadas, que fazem a gente rir a serio. Obrigada.
Adorei o nome Indalécio, que ainda por cima tem o N, a compô-lo.! Muito bem! Palmas!!

Abraço. Até breve. Azul.
Grata pelas visitas.

17/4/08 23:46  
Blogger Joana said...

"Prá manter esse corpitcho bacana, acho até qui vou virar marumbeira,
corro o calçadão dji Copacabana, dji sigunda à sexta feira"

Qui saudádjis do meu Rio di Janeiro!

18/4/08 00:33  
Blogger M. said...

Legível mais o seu amigo Alberto no seu melhor!

18/4/08 08:45  
Blogger Licínia Quitério said...

Ei, meu chapa, caí no papel errado? Cê me pega assim de surpresa. Sei que faz tempo não passava em teu sítio, mas tamanha mudança me deixa sem jeito. Quando puderes tomaremos um chôpinho gostoso. Eu e minha amiga estaremos vestidas de baianas. Não dá numa de malandro, não? Te segura.

Beijinhos.

18/4/08 14:58  
Blogger São said...

Gostei muito.
Feliz final de semana.

18/4/08 15:41  
Blogger pin gente said...

ora aqui estão mais dois nomes fantásticos... se for menino esta decidido!

19/4/08 11:18  
Blogger MARIA MERCEDES said...

Texto com sotaque? E porque não?

Aproveito para agradecer o teu amável comentário no Excitações. Gostei muito!

beijinhos

19/4/08 18:21  
Blogger mcorreia said...

ôpa néguinho que você hoje se danou de requintado no seu dizer! danadinho que colocou Amândia no seu conto, só ela mesmo prá esquecé os rissol e a loirinha! minina que foi crida na minha rua: tu lembra dela, amigão?! essa mêmo, homem a da trancinha... e tu viu ela na areia e na reconheceu! dve de tar engordada, coitada da Amândia casada com esse ...como chamama mêmo?!!!

19/4/08 19:18  
Blogger Idun said...

eu, cá, ainda não acordei, ortograficamente falando. para enriquecer o meu vocabulário, lembrei-me de pedir umas sugestões ao gato carlão, residente em rondónia, mas ele despachou-me em tom desabrido: some daqui, sua oferecida! com essa de me pedir emprestadas algumas palavras e expressões, você quer mesmo é me saltar em cima. se enxerga!!!

depois deste vexame, eu, que não sou gata que se sujeite a desaforos, resolvi entrar em retiro, para meditação sobre acordos, sotaques e ataques.

marradinhas amistosas

19/4/08 20:38  
Blogger segurademim said...

... és mais rápido que o novo acordo
já misturas todo o linguajar...

tás cá um trapalhão

20/4/08 12:36  
Blogger manhã said...

ai a praia, e essa foto é tão apelativa!

28/4/08 10:51  

Post a Comment

<< Home