Wednesday, April 26, 2006

VELEJAR em AZUL



Teria de regressar muito atrás no filme da sua vida, para se recordar quando experimentara pela última vez, esta imensa paz de espírito coloreada a azuis tão intensos, que dificilmente os poderia conceptualizar nas viagens que efectuava regularmente através do traço e da cor. Não se arrependia -bem pelo contrário!, do tempo gasto na construção deste barco que lhe saiu das mãos e em que se empenhou até quase ao último euro. Agora, os seus dedos acariciavam de facto as ondas que vinham esbater-se e acabar em espuma, contra o madeirame de estibordo; tocar o céu, que se confundia com a água, já nem lhe parecia empresa de outro mundo.

Deodato percebeu que o corpo estava a ficar enregelado. Com mil cuidados, retirou o barco da banheira, colocando-o próximo da saboneteira. Depois ergueu-se, limpou-se vigorosamente e foi tomar o pequeno-almoço..

Ao largo de Armação de Pera, 2006.Texto e foto de Alberto Oliveira.

63 Comments:

Blogger Rui said...

Aposto que ficou com o sabor a sal nos lábios.

26/4/06 11:38  
Blogger Mendes Ferreira said...

que bom!!!!!!!!!!!fico tão tão feliz....por voltar a encontrá-lo!!!!!!!


regresso de asas bem abertas e sorriso feliz/ferino...:)

beijos. a sorrir.


isa.

26/4/06 12:44  
Blogger Phi said...

A água sempre foi purificante a todo o nível...elevar uma alma refrescada e lavada de ondas negativas será sempre um must no nosso viver quotidiano!! Um feliz regresso...

26/4/06 13:28  
Blogger batista filho said...

Sê bem-vindo, amigo!
:)
Bom voltar a ler-te.
Deixo o meu abraço fraterno.

26/4/06 13:48  
Blogger Seila said...

Ai este Deodato a estragar-te a estórias!!
Um feliz regresso (que águas liiiiindas!!!)

26/4/06 14:44  
Blogger Sofia said...

Seja muito Bem-vindo!!!!!!!

Que saudades da tua escrita fantástica. Tou feliz!

bjs

26/4/06 14:54  
Blogger Sofia said...

está "cumbinada" essa francesinha! qd cá voltares diz qq coisa.

bjs

26/4/06 15:42  
Blogger Luz said...

E aposto que estava muito mais... uva passa? :)))

Que bela foto! Lindíssima...

Beijinho :)

(atão não te tinha já contado que estou em Cambridge, terra de belos recordes mundiais?... Por três longos anos, se tudo correr bem... ;)

26/4/06 16:16  
Blogger MC said...

Viva!!!

Pois...o que é a realidade?

26/4/06 18:18  
Blogger Pseudo said...

Tu és excelente a iludir-nos :)
É bom reler-te, sabes?

26/4/06 20:28  
Blogger Marco Ferreira said...

Que grande post para o regresso das férias.
Espero que te tenhas divertido.
Bom regresso à rotina da vida.

marinheiroaguadoce a navegar

26/4/06 22:38  
Blogger perplexo said...

Já percebi que foste a banhos. Bom regresso!

26/4/06 22:41  
Blogger amigona said...

Que lindo azul!...

27/4/06 00:15  
Blogger A. said...

saudades das nossas conversas
em tons deste teu tão azul.
o meu abraço mais forte.
:)

27/4/06 03:32  
Blogger Joana said...

UAU!
E tu com inveja das minhas amendoas... e eu???... um mar infinito e um céu tão azul... e tu no meio desse abraço, nesse aconchego, a profunda sensação de infinitude!
Adorei a foto!
bjs
Ainda bem que regressaste!

27/4/06 10:34  
Blogger anirac said...

ui, olá já te fazia desaparecido! ainda bem que voltaste;)

27/4/06 11:46  
Blogger sotavento said...

Eu bem que sempre me pareceu que em Armação de Pêra havia grandes banheiras!... ;)

Bem-vindo, estava com saudades!... :)

27/4/06 11:50  
Blogger sem cantigas said...

o deodato vai apanhar um valente puxão de orelhas! a brincar na banheira??!!!

27/4/06 15:08  
Blogger Mendes Ferreira said...

e volto...para velejar.umpoucomais.

:)


beijo.

27/4/06 15:17  
Blogger Azul said...

Maravilhoso. Simplesmente, maravilhoso... o seu regresso, o barco, o azul, o vento que me bateu na fronte e me doeu de alegria! Que bom que está de volta. QUE BOM! Tinha imensas saudades suas, ainda que, se quiser saber ao certo dizer porquê, não saiba. Apenas saudades, o que quer?

Foi de férias pr'ó mar?? Que delícia. Aceito um convite para velejar a seu lado, consigo "meu capitão", no rio tejo, um dia destes, para sorrir para si... (Atrevida, valha-me deus!!! Não me leve a sério está bem??)
Então acha que estou a escrever melhorzinho? Com mais consistência? Que bom! Obrigada pelo comentário gentil que por lá deixou. Volte sempre que eu farei o mesmo. Mil beijos e um abraço, pode ser? Até breve. Azul.

27/4/06 19:55  
Blogger A. said...

sempre esta nossa sintonia
...nem imaginas como é bom
voltar a ver-te aqui e em mim.

saudades de tão
decentes palavras.obg:)

azul.tudo sempre
azul por ti.

27/4/06 21:14  
Blogger Maria P. said...

Obrigada pela visita à casa de maio, a porta fica aberta.
Aqui volto, pois gostei

(Armação de Pêra, terra/praia do meus verões)
bjo.

28/4/06 00:22  
Blogger mulhergorducha said...

Caro,

:)
tinha tantas saudades!

Deotato:

Há tanto tempo! Não deixes nunca de sonhar e de levar o teu barquito para as águas instáveis da banheira. É que o sonho faz parte da vida... e enquanto isso vais praticando para quando chegar o momento do alto mar.

Uma beijoca mto grande pros dois

28/4/06 01:03  
Blogger ccc said...

Já sabes como eu sou...caramba faz tempo que tens este espaço e só agora o conheço...
Bem mais vale tarde do que nunca, deixa-me colocar-te nos links para não te perder.
Nada mais precioso do que a paz de espirito a minha também passa pelo azul.
beijos

28/4/06 08:00  
Blogger clotilde said...

Bem vindo!!!

Viva o Deodato!

Beijinhos e bom fim de semana

28/4/06 10:48  
Blogger Maite said...

Caro Legível

Que este seu barco continue a fazer-nos velejar nas asas do sonho e...o que são os sonhos senão o trapézio que nos impulsiona para a frente :)

Bom dia para si

28/4/06 11:57  
Blogger augustoM said...

As pequenas realidades dos nossos grandes sonhos.
Um abraço. Augusto

28/4/06 14:08  
Blogger legivel said...

Para rui:

Se mergulhou e bebeu um pirulito e bem capaz. Sim, que há gajos capazes de tudo; até de temperarem a água do banho de imersão...

28/4/06 20:34  
Blogger legivel said...

Para mendes ferreira:

Ainda bem que sim. O sentimento é recíproco!

Beijos sorri(dentes).

28/4/06 20:38  
Blogger legivel said...

Para phi:

De acordo. Mas bom será não olvidar outros líquidos menos transparentes mas que também nos "lavam" o espírito. Não dispenso o vinho... às refeições. Nunca experimentei na banheira.

Obrigado!

28/4/06 20:44  
Blogger legivel said...

Para batista filho:

Obrigado amigo! Cá nos encontramos novamente às voltas com as letras.

Abraço fraterno.

28/4/06 20:45  
Blogger legivel said...

Para seila:

Está-lhe na massa do sangue e não tem cura... se é que aquilo alguma vez é uma doença...

São lindas de facto e... mornas.
Obrigado.

28/4/06 20:47  
Blogger legivel said...

Para sofia:

Obrigado pantera!

Não me hei-de esquecer também; que a minha memória para os prazeres da mesa é reconhecida além fronteiras...

bjs.

28/4/06 20:51  
Blogger musqueteira said...

Viva Legivel,
O azul...sempre um azul quase igual a outro azul...tão diferente!
Também eu de azul vesti minhas palavras para não naufragar naquele azul do Mar... mas sim... rebater um outro azul... aquele mais imenso... o Céu que abeira meu olhar.
;)Bom fim de semana em Alto Mar!

28/4/06 21:42  
Blogger legivel said...

Para luz:

Fiquei numa guest house fronteira ao Parker´s Piece (próximo ao YMCA e piscinas) e fazia punted no Cam River...
É uma cidade simpática... no Verão. No Inverno não sei como será. Depois contas-me...

beijinhos.

28/4/06 21:49  
Blogger legivel said...

Para mc:

Viva!

Bela questão com diversos modelos de respostas possíveis. Um deles poderá ser -por exemplo,

a realidade é tudo aquilo que os meus olhos querem acreditar que observam.

Em qualquer caso, a realidade tanto pode ser um osso duro de roer, como um papel (representação) de fantasia bem-disposto.

28/4/06 22:03  
Blogger legivel said...

Para pseudo:

Agradeço as palavras simpáticas.

Por momentos, senti-me num palco enorme, só (sem o apoio da habitual partner de collants) de cartola na mão e observado por centenas de olhos à espera do truque do ano.

Que responsabilidade...

28/4/06 22:12  
Blogger SalsolaKali said...

Diz-me lá onde se compra uma banheira assim... ;)

28/4/06 22:17  
Blogger legivel said...

Para marco ferreira:

Nem por isso; é mesmo dos mais curtos que escrevi. Catorze linhas, quando a média anda pelas trinta linhas de texto.

É isso; voltamos à faina (para não fugir ao vocabulário do mar) rotineira.

Enquanto lá estive diverti-me. E aqui também!

28/4/06 22:19  
Blogger legivel said...

Para perplexo:

A frase é mesmo essa; fui a banhos.
Regressado, espero continuar esse salutar hábito higiénico...

Obrigado.

28/4/06 22:22  
Blogger legivel said...

Para amigona:

Foi o que se pôde arranjar. Queria fotografar outros azuis mas na altura só havia aquele. Explicaram-me que costumam repor os stocks lá mais para o Verão...

28/4/06 22:29  
Blogger legivel said...

Para askim:

Também tive. Mas agora que já cá estamos dancemos com as palavras sobre um fundo azul-azul.

Abraço amigo.

28/4/06 22:47  
Blogger legivel said...

Para joana:

Podes crer (e muito a sério) que foi uma viagem (esta, a da foto) muito agradável e que não me importava de a repetir amanhã; e depois e depois e depois...

... mas o melhor é voltar à terra.

bjs.

Também gosto de regressar...

28/4/06 22:53  
Blogger legivel said...

Para anirac:

Olá!
Nunca desapareço. Retiro-me por breves instantes...

28/4/06 22:55  
Blogger legivel said...

Para sotavento:

É mesmo uma das indústrias mais flourescentes da terra. Depois do concentrado de peras...

Também eu...

28/4/06 22:57  
Blogger legivel said...

Para semcantigas:

Que castigo tão doloroso para o catraio! Mais pedagógico será alistá-lo voluntáriamente à força na Marinha de Guerra.

28/4/06 23:03  
Blogger legivel said...

Para mendes ferreira:

O mar está à tua disposição. Navega o tempo que quiseres: Mas cuidado que o Sol ainda anda muito baixo. E não te esqueças do sextante*; faz sempre falta.

*Tenho um velho conhecido e amigo que imaginava que o sextante só servia para navegar ... à sexta-feira. O sabante para o sábado e por aí afora...

beijo.

28/4/06 23:10  
Blogger Pilantra said...

Desta vez quem está com muita inveja sou eu!

28/4/06 23:18  
Blogger legivel said...

Para azul:

Também as suas palavras são sempre muito bem recebidas aqui neste modesto canto. Porque exprimem muita simpatia e imensa alegria de viver.

De alguém assim, só se pode ter (também) saudades. Retornemos então ao diálogo por instantes interrompido.

beijos amigos.

28/4/06 23:26  
Blogger legivel said...

Para askim:

Imagino, pois claro!
Só assim pode haver sintonia, não é verdade?

Abraço amigo.

28/4/06 23:30  
Blogger legivel said...

Para maria p.:

Não é preciso agradecer; o arroz-doce estava mesmo muito bom! E regressarei também, pois claro!

bjo.

28/4/06 23:33  
Blogger legivel said...

Para mulhergorducha:

Caríssima
Então e eu?! Imensas!
Beijokas
Legível

.............................

Mulher:

Vou seguir á risca o teu conselho e não vou deixar de sonhar, está descansada. Dizem que o sonho comanda a vida. Eu acrescento que comanda também as velas do meu barco... que da arte de navegar sou um zero à esquerda.
Gostei muito das tuas letras.
Beijokas

Deodato.

28/4/06 23:40  
Blogger legivel said...

Para ccc:

Para mim, é um feliz reencontro que já estava aprazado há muito tempo nas nossas agendas virtuais... e não o sabíamos.*


* Parece discurso de guião para um filme português. A esta hora as palavras começam a chegar ao teclado com alguma dificuldade. Mas que estou muito satisfeito, estou.

beijos.

28/4/06 23:51  
Blogger legivel said...

Para clotilde:

Olha a minha amiga Clotilde! Gosto de te rever...
... e o Deodato também!

Beijinhos!

28/4/06 23:53  
Blogger legivel said...

Para maite:

Cara Maite:

O meu barco irá de fonte segura, cruzar oceanos da fantasia, navegar em mares de sonho e sulcar rios de boa disposição.
Assim os ventos me sejam propícios e as marés não me confundam...

Tenha uma muito boa noite.

29/4/06 00:01  
Blogger legivel said...

Para augustom:

Sem os nossos grandes sonhos, as nossas pequenas realidades ainda mais ínfimas seriam...

Abraço.

29/4/06 00:07  
Blogger legivel said...

Para musqueteira:

Viva Musqueteira!

O azul do mar é molhado
o do céu nunca o toquei;
um é sempre tão cantado
o outro agora o cantei.

Bom fim de semana!!

29/4/06 00:15  
Blogger legivel said...

Para salsolakali:

Igual a esta banheira
não conheço lugar de merca;
esta achei-a na Quarteira
na cabeça dum careca.*

*Cantar tradicional algarvio, inventado agora mesmo...
Bjs.

29/4/06 00:25  
Blogger hala_kazam said...

é bom chapinhar na banheira...

:)


*beijos*

29/4/06 01:08  
Blogger lélé said...

Até mesmo virtualmente as pessoas fazem falta!... Fizeste-me falta, é bom voltar a ler as tuas estórias... (lembrei-me que não me lembro em que é que gastei o meu último escudo!...)

29/4/06 01:35  
Blogger legivel said...

Para pilantra:

Ora ora... O pobre do Deodato já não merece um banho de imersão?!

Deodato mergulhou
de cabeça na banheira
e um barco deslizou
atracou na saboneteira.

Bom fim de semana!

29/4/06 09:40  
Blogger legivel said...

Para hala kazan:

Se a memória não me atraiçoa, acho que sim.É que o tempo escasseia-me para banhos de imersão. Só na praia...

beijos.

29/4/06 09:43  
Blogger legivel said...

Para lélé:

Aposso-me das tuas palavras, posso-me*? Que se adivinham sentidas como as minhas e sintónicas*


*Sem emenda nem perdão.

29/4/06 09:48  

Post a Comment

<< Home