Wednesday, September 07, 2005

PÔR a ESCRITA em DIA

Hoje, antes de iniciar este exercício regular da escrita (e na secreta esperança de haja quem me leia sem procurar adivinhar a cor dos meus cabelos ou o número de sapatos que calço), questionei-me muito sériamente: «Ouve lá Legível; porque passas aqui uma parte do teu tempo disponível, amontoando palavras sobre palavras, quando outros já o fazem melhor e há mais tempo que tu ? Não estarás a repetir uma acção desnecessária? Se por acaso estivesses a adestrar-te para outros voos literários...entendia-te. Mas penso que não é o caso, pois tenho-te na conta de um jovem atinado e sabes que "muitos são os predestinados mas poucos os escolhidos" e se crês divertir o pessoal com uma forma de humor "muito própria", há muito que estás avisado "que num país de anedota" a concorrência é incomensurável. Porque não ocupas as tuas horas disponíveis de uma forma mais racional e...rentável? Sugiro-te, por exemplo, a dobragem de caixas de cartão para embalar autarcas dissidentes. Ou a estatísta dos portugueses que cospem para o chão. Ou então, os que tiram macacos do nariz enquanto conduzem. Divertes-te e ganhas uns euros extra...Pensa nisso.»
Tenho para mim, que questionar-me é uma coisa excelente. Mas levar "à séria" questões tão legivelmente descritas e ainda por cima com um provocador e desafiante pensa nisso!... Nem pouco mais ou menos! Detesto provocações, desafios nem os de hoquei sobre patins e pensar...consome-me o intelecto.

38 Comments:

Blogger JPD said...

Mantenho a minha opinião: se escrever é muito aprazível, então só há que preservar essa catividade e esforçar para que a qualidade evolua. Sempre! quer seja para consumo próprio, quer para a roda de amigos, para os que com atenção te lerem.
Um abraço

6/9/05 23:07  
Blogger JPD said...

Onde se lê "catividade", deve ler-se actividade. Gralhas!!!

6/9/05 23:08  
Blogger sotavento said...

És loiro e calças o 41!... :)

7/9/05 01:39  
Blogger Phi@ said...

Estou a ver que as crises dubitativas andam aí a atormentar as nossas humildes alminhas...se tu parás de me fazer sorrir...reflectir...relaxar...(re)viver...(re)ver...(des)complicar a vida através das tuas palavras (que em nada são amontoados!!) eu vou lá dentro e corto os pulsos (com uma colher claro!!)
E é chegada a altura de te dizer que quem, como eu, se delicía ao ler.te, não vê a cara, só o coração!! bxox fi@veis

7/9/05 10:06  
Blogger manuel said...

Há um certo "erotismo" no acto de escrever! e como presumo que não aprecies prazeres solitário, pões "a escrita em dia"...

abrços

7/9/05 11:45  
Blogger Spiritman aka Bacardiman said...

Voltei, após uma marada ausência!

Um gajo e a escrita, a escrita e um gajo, ainda não percebi bem quem é que escreve, ou prescreve, se é um gajo, se é a escrita!
E o que é que vai mais rápido? E o que é que sente mais prazer? É o acto de escrever, de sentir, de pensar? É tudo, é parte... de tudo e de nada! Basta sentir... o Papel de Fantasia.

Até breve.

7/9/05 15:33  
Blogger Maria Papoila said...

Experimenta deixar de escrever no blog e vais ter de te haver comigo!!
;))

7/9/05 17:20  
Blogger MJM said...

Concordo plenamente com o enunciado:
Tenho para mim, que questionar-me é uma coisa excelente.
E quais são então os porquês da escrita? Pessoa, por o habitarem tantos heterónimos, se ainda estivesse entre nós geriria imensos blogs fascinantes! Esta, ninguém ma tira da ideia!?
Seria um rodopio de especialistas a tentarem adivinhar-lhe as cores de cabelo e os números dos sapatos...

7/9/05 21:42  
Blogger PP said...

ah, eu acho que tens... 1m87... tens os óculos na ponta do nariz, enquanto escreves, usas praí o 43 (o que dá para dormir de pé!) e... deixa cá ver, caramba! Que exigente contigo próprio!

ora... a cor dos cabelos é que não estou a ver...

8/9/05 08:55  
Blogger segurademim said...

... não me enganas! desafios ... entras em todos! até aposto que não desgrudaste dos jogos dos sub21 e da selecção :)))
Ouve lá Legível: num país de anedota a palavra e o pensamento - livres - (brincalhões ou não) - são obrigatórios!

8/9/05 09:34  
Blogger batista filho said...

"Pôr a escrita em dia", é se pôr em dia.
Tens algo a dizer, por isso escreves.
Gosto de ler algo que me prenda
e tua escrita mantém minha atenção presa, se tal não ocorresse não estaria a comentar-te.
Um abraço fraterno.

8/9/05 12:20  
Blogger JRD said...

A cor dos cabelos e o número de sapatos que calça
(refere-se ao tamanho ou à quantidade? (risos))
são despiciendos. O que importa é que as pessoas leiam a sua escrita escorreita e plena de fina ironia.

Por motivos que em breve compreenderá, é pouco provável que haja a "vernissage" a que alude.

8/9/05 16:21  
Blogger Rita said...

todas as pessoas têm o direito de escrever. num mundo tão diversificado, há smp alguém q vai venerar os teus textos. :) *

9/9/05 14:00  
Blogger legivel said...

Para Jpd:
Sem pretender (ou tendo o cuidado ) de usar da falsa modéstia, chego à conclusão de que "afinal não sou tão mau como me pinto", face à "concorrência" e porque após a edição deste meu post, me dediquei de alma e coração (sem intervalos para as refeições ou do habitual sono reparador) a ler tudo, ou quase, o que se escreve na blogsfera.
Os teus avisados conselhos, que agradeço, não caem em saco roto; fica descansado. Esforçar-me mais é que não; este é um espaço de prazer, não de ocupação remunerada.
Um abraço.

9/9/05 14:30  
Blogger legivel said...

Para Sotavento:
Estiveste muito próximo; prefiro sapatos de cor castanha e uso habitualmente peúgas amarelo-torradas.

9/9/05 14:37  
Blogger legivel said...

Para Fi@:
Já calculava! Ando para aqui com tantas preocupações que nem a cara me sonhem e vais tu, zás!! Denuncias-me o coração! O que de mais íntimo eu tenho, assim colocado em forma de comentário na praça pública...
Não faltará agora quando sair á rua, a turba a gritar «olha o coração do papel de fantasia! vai ali!!» e pimba! o pessoal todo em cima do meu coração. E o orgão, estrafegado com tanto peso, começa a desvanecer-se, a ir-se...e prontos! Era uma vez um "legível". Passo a ser "aquele que não se consegue ler"...

Beijos.

9/9/05 14:46  
Blogger legivel said...

Para Manuel:

Serás, se bem me lembro, o primeiro aqui neste sítio a discorrer sobre sexo; tenho de te dar os parabéns, pois não é de ânimo leve (direi mesmo que só pode ser um acto de enorme coragem!) que quebras tal tabú.
Fico felicíssimo, porque essa situação já se estava a tornar insustentável e quiçá, uma cena próxima dos "tabús do Aníbal" o diabo seja cego, surdo e mudo!
Tens razão; "tenho sempre a escrita em dia"...se o teclado não me falhar.
Um abraço.

9/9/05 15:07  
Blogger legivel said...

Para Bacardiman aka spiritman:
Para começar e falando de escrita, devo dizer-te que este teu nic-name dá-me cá um trabalhão a escrevê-lo... Até parecem as carruagens do alfa perpendicular...

Agora entrando, digamos, mais no cerne intelectual da questão. Então mas tens dúvidas que é a "escrita que nos escreve?". Ó meu caro! isso está mais que provado. Alguma vez eu perdia aqui uma porrada de tempo a escrever coisas, as mais das quais nem percebo bem o sentido? Nem pouco mais ou menos! A escrita que me escreva, ora esta?!
Mas tens razão quando dizes "basta sentir o papel de fantasia". Aqui, vê-se que andas a fazer os trabalhos de casa e...com afinco. Porque é notável o simbolismo da tua frase; "papel higiénico, fantasiado, só há: o do Legivel e mais nenhum!"

Até logo!

9/9/05 15:19  
Blogger legivel said...

Para Maria papoila:
Prontos, prontos! Não quero que exercites os teus conhecimentos de luta grecoó bacana no meu rico corpinho!!

9/9/05 15:22  
Blogger legivel said...

Para Mjm:
É uma situação para a qual não me debruço, que infelizmente tal "pessoa" já bateu as botas há uns tempo largos e na sua (dele) época não havia pc´s. Quer dizer, haviam, mas não andavam assim às claras; que eram logo engavetados...
Sobre os especialistas-investigadores, da blogsfera, é uma fauna que não conheço mas que segundo dizem, passam mais o tempo a investigar que a fazerem alguma coisa de útil, segundo as notícias que me chegam...Mas talvez até sejam necessários, saiba lá eu porquê...

9/9/05 15:30  
Blogger legivel said...

Para Pp:
Não canses mais os olhos! Erraste em toda a linha! Pois se estavas a olhar para um blogger do sapo...
Então não viste a imagem que editei à saida da maternidade Alfredo da Costa ao colo do meu pai? A foto não está lá muito boa, mas dá ainda para ver a Florência, nossa vizinha e que viria a ser minha madrinha de baptismo e queria à viva força que eu me chamasse Roberto Leal...

9/9/05 15:38  
Blogger legivel said...

Para Segurademim:
Bruxa! Salvo sejas, queria dizer que adivinhaste...Que não perco um joguinho. O pessoal a enervar-se e eu a escrever... É sempre a altura em que estou mesmo sossegado para editar um post assim mais formal, daqueles que de pois de pronto eu digo para mim próprio. «Ó Legível, tu escreves mesmo bem carago!»*...E fico a lê-lo vezes sem conta...até me convencer da minha vocação literária. Acho que não sou o único a fazer isto, mas ninguém se descose, caraças!

9/9/05 15:48  
Blogger manuel said...

oh, oh, oh... não quebrei nenhum tabú! falei de erotismo, que não exactamente de sexo...

será que a preocupação em ser legível te "obscurece"? rsss

abraços

9/9/05 15:49  
Blogger legivel said...

Para Batista filho:
Ainda bem que sim; mas não precisas de "manter a tua atenção presa".
Não vá ainda alguém imaginar-me na pele de um qualquer policia de costumes (daqueles antigos) que tinham ordem para prender quem lesse, porque "ler fazia mal à saúde"...
Um abraço.

9/9/05 15:53  
Blogger legivel said...

Para Jrd:
Lamantaria que o que me pareceu ler nas entrelinhas* do seu comment seja isso mesmo. Logo agora que iniciámos um "diálogo"...

* Ficou para sempre o treino...

9/9/05 15:56  
Blogger legivel said...

Para Rita:
Quem sabe Rita, quem sabe. Somos lembrados por aquilo que fazemos, não pelo contrário. E daí...
Beijos.

9/9/05 15:59  
Blogger legivel said...

Para Manuel:
Ó meu amigo! Apanhaste-me aqui por acaso que já me chamam para ir a um cliente. Isto do trabalho não se compadece com blogs...e tenho pena.
Embora ainda não conheças o meu modo de me expressar pela escrita, um dia (breve) vais lá chegar. Escrevi "sexo" como poderia ter escrito "penalty". O que defendo na escrita, é que não fique nenhum espaço em branco, percebes? E depois "sexo", é um vocábulo com uma força terrível. Por isso respondeste de imediato...
Abraço!

9/9/05 16:06  
Blogger manuel said...

Desculpa, o espaço k ocupo e o tempo k te roubo. Mas insito: o k me faz responder de imediato é o tabú, não o sexo...

(antes não fosse! eheheh)

abraços

9/9/05 17:25  
Blogger manhã said...

`Também me interrogo se valerá a pena mas também gosto de escrever, por aqui ou por outro lado qualquer.

9/9/05 17:45  
Blogger legivel said...

Para Manuel:
Mas vais concorrer às autárquicas e não queres que se saiba? Mas os cabeças da listas não são já do domínio público?
Podes usar sempre que queiras o espaço. Tem um quarto para visitas com...tabús.

9/9/05 18:25  
Blogger legivel said...

Para Manhã:
Quando se escreve com prazer...vale sempre a pena. E é um prazer com aspectos muito positivos; "substituir" a oralidade pela escrita, é um desafio estimulante. Sintetizar um relato com mei-dúzia de palavras certas, é outro. E por aí fora...

9/9/05 18:39  
Blogger MJM said...

Por acaso, tb gostava de pôr a escrita em dia. Assim, vou pondo as leituras.
;)

9/9/05 19:25  
Blogger Joana said...

Assim é que se fala!
Amontoar palavras é óptimo... não há quem as cruze?!!!
Continuas assim!... se não eu adivinho a cor do teu cabelo e dou-te tautau por deixares de escrever!
:)

10/9/05 23:27  
Blogger Phi@ said...

oh agora partiste o meu!!! bxox

12/9/05 00:06  
Blogger Phi@ said...

a minha intenção não era identificar o teu coração, pelo contrário, quem vê caras não vê corações...eu como não vejo a tua face prefiro o teu interior ou o teu lado emocional!!! só partes o meu quando me culpas de identificação de algo tão precioso!! não era essa a intenção!! bxox...

13/9/05 05:40  
Blogger legivel said...

Para Mjm:
Os contabilistas estão pela "hora da morte", é verdade...

13/9/05 13:14  
Blogger legivel said...

Para Joana:
Só se a tua bola de cristal for topo de gama...porque,


sou careca!!

13/9/05 13:17  
Blogger legivel said...

Para Fi@:
Ó mulher! não lês que estou a representar?!
Não te parto nada o teu coração, que eu sou um moço muito cuidadoso, está descansada.
Beijos.

13/9/05 13:18  

Post a Comment

<< Home