Thursday, September 01, 2005

O CANDIDATO















Antecipei-me veloz ao meu colega do canal concorrente e estendi-lhe o braço armado de micro em riste, disparando «É verdade que hoje, vai tornar pública a sua candidatura?». Os seus olhos pequenos e escuros não reflectiram a menor surpresa face à pergunta. Percebi que relanceou um olhar frio (ou de desdém?) à minha pessoa e logo de seguida dirigiu a sua atenção para os restantes jornalistas presentes, parecendo esperar sem entusiasmo, mais perguntas tão argutas como a minha.
Balanceou o longo pescoço para a sua esquerda, quando o Guedes de "O Impresso" conseguiu que a sua voz se sobrepusesse às outras «Se se candidatar de facto, isso deve-se a um grupo de pressão dentro do seu próprio partido ou é da sua exclusiva vontade? Não haverá o perigo de divisão entre os militantes do seu partido com a sua candidatura?». Adivinhei-lhe um sorriso trocista -que não deixou transparecer e continuou a defrontar tranquilamente os representantes dos media. Os seus movimentos denotavam um certo cansaço e era óbvio que se encontrava aqui sem o prazer de outros tempos. Cumpria apenas, mais uma página do calendário político de uma vida.
«E o seu camarada, que se disponibilizou para se candidatar antes de si? Não acha que merecia uma palavra sua, antes de tornar pública esta quase decisão?» esganiçou-se a Roberta do "Diário Nocturno", conhecida pela agressividade que colocava em todas as questões. Ele olhou-a por breves segundos, piscou os olhos, voltou-se e abandonou o local. Sem abrir o bico.

24 Comments:

Blogger JRD said...

O bico de um candidato é tão importante como a sua plumagem, daí que convenha gerir a sua utilização. Já lá dizia o pavão.

31/8/05 22:24  
Blogger JPD said...

Está excelente, este teu texto.
Acho admirável a crítica que fazes ao equívoco das relações entre os protagonistas políticos e a im+prensa, qualquer dos lados presumindo uma postura ensaiada e cheia de efeitos...As candidaturas a Belem vão dar brado, não haja dúvida! Ainda falta uma apresentação para que o quadro de «acesso» se complete.
Um abraço

31/8/05 22:40  
Blogger Rita said...

eu cá acho que o nosso "colega" Manuel Alegre seria uma boa opção... enfim, mas eu nem ligo muito à política.
é nestas ocasiões que me obrigo a resignar, e me resumo à minha insignificância...*

31/8/05 23:58  
Blogger sonhos sonhados said...

Keridos Amigos

As férias terminaram...
...assim como um muro de areia
se desfaz... frente a uma onda... mais ousada.

o tempo passou
sem horários...
livre...
repousante...
um pouco dorido...
e
guloso.

não foram as melhores férias
...pois a saúde falhou um pouco
e
não ajudou
como deveria,
porém foi tão bom
estar junto dos meus deuses
que até o tratamento me pareceu mais leve.

devo dizer-vos
que senti saudades
das palavras
dos desenhos
das músicas
das imagens
a que todos vocês me habituaram
(principalmente
quando era castigada
pela imobilidade da medicação)
...mas...
para o ano
levarei comigo um portátil
que irei ganhar no euro-milhões...
... por esse motivo vou desde já começar
a lançar a sorte
e escolher os números.

Keridos
tudo isto para vos dizer
que não vos esqueci
e
para avisar
que a partir de hoje
vou perder
muitas horas gulosas...
a “fazer visitas”.

Beijux létinha.

Ps. desculpem ter usado a mesma
mensagem para todos...
mas não foi possível “personalizar”
.....................................
obrigada pelo “perdão”
.....................................
sois uns amores.

1/9/05 02:07  
Blogger Phi@ said...

o candidatar.se ou descandidatar.se é como o casar.se ou descasar.se, ou melhor, o viver e o deixa viver!!! não passa de um espéctaculo, que afinal de contas, até pagamos, querendo ou não querendo ver!!! a vida trata mesmo de nos empurrar para recantos atitudacionais que não lembram o diabo!!!mas cada um sabe de si...and the show must go on!! bxox

1/9/05 07:56  
Blogger PP said...

Xii... o senhor não estava na disposição de falar com todos os jornalistas, tou a ver... quer-se dizer, não te repondeu a ti, nem ao rapaz do Expresso, nem a à pequena do Diário Nocturno...
... acho mal!

Também se pode dar o caso de ele já não ouvir bem de um dos ouvidos. É da idade!

1/9/05 08:53  
Blogger musqueteira said...

Viva Legivel,
Mas esse "Candidato"...é o candidato que segundo dizem alguns...é também ele e o único...o dito candidato Pai da Democracia?!...Que gande candidato esse Democrata!...;);) Que imposto...importunu:)

1/9/05 13:51  
Blogger segurademim said...

Já devias estar familiarizado com o conceito da transparência. Só o que lhes interessa se materializa!!
Óbviamente que não fizeram as perguntas certas... Então foram para ali embaraçar sua alteza? :)

1/9/05 14:35  
Blogger CP said...

"Eu não digo nada porque sou o maior! Então não sabem quem eu sou? E quero que me chamem outra vez de Exmo. Sr. Pr..., porque eu é que sei. Aliás, não sei como vai ser quando eu já cá não estiver, não sei não..."

1/9/05 17:20  
Blogger Armando S. Sousa said...

Por acaso quando ele estava a anunciar a sua candidatura, notei-lhe alguns sorrisos trocistas, mesmo cínicos.
Um abraço.

1/9/05 21:13  
Blogger legivel said...

Para Jrd:
A política à portuguesa (da esquerda à direita, passando pelo centro), está cheia destas aves...raras. E como é tão apetecível o poleiro!

2/9/05 11:08  
Blogger legivel said...

Para Jpd:
Os equívocos na política, noutras áreas e nestes tempos, não são equívocos. São causas sem significado, de mera expressão passadista.
Abraço.

2/9/05 11:11  
Blogger legivel said...

Para Rita:
"Nosso colega" é como quem diz; se "seria uma boa opção" não me cabe aqui (nem pretendo)reclamar candidatos. Se nos partidos a selecção dos mesmos,já é tão transparente e higiénica...
Mas tenho pena de te sentir "resignada à tua insignificância".
Beijos.

2/9/05 11:23  
Blogger legivel said...

Para Sonhos sonhados:

Letinha:
Não tenho nada contra "textos a publicitar sítios". Desde que a mensagem seja clara e porque não, original. Até porque é assim, pelo bom gosto ou criatividade da mesma, que o seu autor consegue o seu objectivo: a visita pretendida.
A tua mensagem não é nada disso e tem uma marca negativa: a da "familiaridade" ou "conhecimento anterior" que nunca existiu entre o teu blog e o meu.
Não faz o meu género.
Passa bem.

2/9/05 11:33  
Blogger legivel said...

Para Fi@:
É verdade; o "espectáculo" tem de continuar, embora com actores já sobejamente conhecidos e com "provas dadas"?! e "estejamos carecas" de saber o enredo.
Beijos.

2/9/05 12:30  
Blogger mood said...

Adorei este texto. Muito diferente dos restantes mas igualmente inteligente e interessante.
Beijinho

2/9/05 12:35  
Blogger legivel said...

Para Pp:
É de uma sobranceria inqualificável este homem...e "não ouve bem dos ouvidos"?!
Será que também "vê mal dos olhos"?!
Não só "aumenta a pança, quando a idade avança..."!

2/9/05 12:38  
Blogger sotavento said...

"O silêncio é de ouro"? E ouro é um material muito valioso?!... Talvez seja isso...
Por outro lado, "quem muito fala pouco acerta" e "ovelha que berra, bocado que perde"!... :)

(Ó 'pá, 'tavam tão giras as quadrinhas, porque é que apagaste?!... :( )

2/9/05 13:26  
Blogger legivel said...

Para Musqueteira:

Viva Musqueteira!
Pelo que me foi dado ler no post em causa e porque não se referiam nomes, fiquei sem saber se o "tal candidato" seria "o pai da democracia" ou dos "padrinhos da revolução".
Vou tirar isso a limpo e depois darei notícias.

2/9/05 14:08  
Blogger legivel said...

Para Segurademim:
Já devia, já. Mas não tem sido fácil, o que é atestado por alguns "galos" na cabeça.
Transparência, materialização, mas... tu deves estar nalguma área científica, aposto.
Os jornalistas -por quem tenho grande consideração, por vezes tornam-se "incómodos". Perguntam tudo menos aquilo que interessa aos visados...

2/9/05 14:16  
Blogger legivel said...

Para Cp:

Senhor Presidente! Que grande honra se ter dado ao incómodo de visitar este modesto blog. Se soubesse que vinha, tinha-me preparado para o receber condignamente. Assim, apanhou-me de t´shirt, barba de três dias, destreinado para anuir a tudo o que Vossa Excelência disser e de sorriso de circunstância afivelado no rosto.
E se passasse por cá amanhã? Não pode? A daqui a cinco anos?!

2/9/05 14:25  
Blogger legivel said...

Para Armando ésse:
Bem me queria parecer! Devo ter sido o único que não foi convidado para a cerimónia/anúncio.
Mas não me admiro muito; porto-me sempre mal nestas situações.
Então viste o tal sorriso...que tem um truque; os guardas-costas têm ordens para lhe fazerem cócegas de dez em dez minutos. Não me perguntes onde...
Abraço.

2/9/05 14:33  
Blogger legivel said...

Para Mood:
Sabe sempre bem ouvir palavras elogiosas à beira de um belo fim de semana.

Beijinho.

2/9/05 14:37  
Blogger legivel said...

Para Sotavento:
Sempre uma frase a propósito, curta e incisiva. Quem me dera, que sou tão palavroso...

...palavroso e nada contido; assim que acabei as quadras, nem me dei ao trabalho de fazer alguma correcção: editei-as. Mais tarde, ao voltar ao teu blog,é que me lembrei que o post tinha um texto que não era teu...
Achei pouco ético, brincar com um texto de uma pessoa que não "conheço", com quem não dialogo. Apenas isso.

2/9/05 14:51  

Post a Comment

<< Home