Tuesday, August 23, 2005

NÃO ESQUECER: HOJE FAÇO ANOS

Hoje aniversario. É verdade. Estive vai não vai para não mencionar tal assunto -porque do pessoal privado se trata e porque há sempre quem relegue para plano secundário o miolo do texto própriamente dito, que agora vos escrevo e desate a mandar beijos, abraços e , em última análise, pedir a morada para enviar uma lembrançazinha porque eu mereço, patati patatá. Pensando melhor, porque não?! Primeira razão: não serei eu a inaugurar tal procedimento no virtual; segunda e última: será a única vez que abordo o tema porque eu sei que vocês todos (sem excepção!) se apressarão a registar tão incontornável efeméride.
E se hoje acordei bem disposto! Imaginem que até me passou pela cabeça preparar o pequeno-almoço e surpreender a minha-mais-que-tudo! Claro que depois de algumas tentativas infrutíferas, desisti de procurar mais, o sítio onde se arrumam os pacotes de leite nesta casa. E se até quando observei a torradeira, aquilo me pareceu um demoníaco carro de combate pronto a fazer fogo sobre a minha pacífica pessoa!...Mas se para ganharmos o reino dos céus também contam as boas intenções, não estive nada mal, não lhes parece? Com esta questão colocada a mim próprio e tendo vocês como "testemunhas", a minha consciência descansou.
Ouvi a Mona levantar-se e pouco depois surgir -como é apanágio dela, deslumbrante, na cozinha. Beijou-me calorosamente enquanto eu arrumava uns últimos papeis na pasta e poucos minutos depois chamou-me para a mesa. Relatou-me até á exaustão como ia ser o dia dela, num programa onde o ponto alto era visitar a mãe a meio da tarde. Pelas sete, ia "fazer as unhas" à Odete. Eu estava bastante surpreendido, se querem que vos conte. A minha-mais-que-tudo em dois longuíssimos e gloriosos anos de casados nunca se tinha esquecido do meu aniversário! Porque se fazia tarde, não quis adiar mais a questão; «Não te estás a esquecer de nada querida?» perguntei-lhe com o ar mais inocente deste mundo. Que não fazia ideia do que eu queria dizer, respondeu surpreendida.
«Então a minha amada não se lembra que dia é hoje, ahn? Hoje o seu gato faz aninhos...» ensaiei em tom meloso só para consumo interno, que isto descrito para o exterior até parece mariquice... «Tu fazes anos...hoje?! Olha que tu não deves saber a quantas andas...Se me disseres isso daqui a um mês, vá que não vá...É verdade que já tiraste o gesso; mas quase que me convenço que estás pior da perna e da...cabeça!». Beijei-a em velocidade mas com estilo, desci as escadas a voar, mas desta feita...não parti nada.

28 Comments:

Blogger Phi@ said...

ehehehe fiquei baralhada...mas também, se não for hoje, ficam registados os parabéns do ano passado, atrasadíssimos claro!!! Um feliz aniversário e com tudo o que mereces e desejas!!! bxox fi@veis

23/8/05 12:30  
Blogger PP said...

Parabéns!!!!
Seja o aniversário do "gatinho" ou não... o que conta é "estás melhor da perna" :o))))

23/8/05 13:11  
Blogger Rita said...

lol afinal estás de parabéns ou não?
eu não gosto muito de fazer anos.não suporto ser o centro das atenções porque não sei que dizer, e o que fazer, fico sem jeito. Por outro lado, gosto de ver os anos a passarem, esperando com entusiasmo o que eles me trazem.
beijo

23/8/05 15:02  
Blogger mood said...

Seja hoje ou para o mês que vem bom texto e parabéns. Acho uma delícia esse teu jeito de 'escrever' as cenas da vida privada, de falares da tua Mona e do vosso dia-a-dia. Muito bom.

beijinhos

23/8/05 15:18  
Blogger segurademim said...

Entendi! todos os dias para ti são de aniversário... queres prendas! queres bolos! queres festa. Enfim: queres mimos e... não queres fazer nenhum lá em casa!!! a tua mona devia era dar-te o arroz!! doce tá claro!
Já agora parabéns... (á prima/mona)

23/8/05 15:45  
Blogger Armando S. Sousa said...

Estás um pouco ansioso para comemorares o teu aniversário. Nestas coisas, acredito mais que a tua senhora tenha razão. Daqui a um mês dou-te os parabéns. Bem fisgado o texto.
Um abraço.

23/8/05 16:29  
Blogger JRD said...

Agora compreendo o comentário "Cheia"?!...

23/8/05 19:28  
Blogger O Universalista said...

Pois é, nunca vi ninguém acordar a pensar que fazia anos, um mês antes da data. Ficam desde já os meus parabéns, um mês adiantados.
O texto está giro, gostei, no entanto há pequenos pormenores que não gosto, mas isso já é outra história que não me diz respeito.

23/8/05 21:45  
Blogger JPD said...

No lugar da tua cara metade ter-te-ia respondido: «Então e aquele beijo que te dei ontem à noite, já te esqueceste como foi!Era para te desejar feliz aniversário, pateta fofo!»
Um abraço...e parabéns

23/8/05 23:36  
Blogger Joana said...

Tal como o Natal é quando um homem quiser, também os Anos é nos dias em que o Continente tem bolos decentes!
:)
Beijos... de Felicidades, de Parabéns, do que for!

p.s. Na verdade os bolos do continente são muito bons...

24/8/05 11:18  
Blogger CP said...

Parabéns pelos dias feitos. Assim dá sempre certo.

24/8/05 11:59  
Blogger sotavento said...

Retribuindo a visita, deparo logo com um pedaço de bom humor!... Parabéns, gostei!... :)

24/8/05 16:38  
Blogger Vodka e Valium 10 said...

Aniversariante ou não, certo é que lançaste a polémica.
Porquê?
Porque ninguém expõe a vida pessoal na internet, muito menos num blogue. E a melhor forma de o fazer é fazê-lo. e viva a antilógica, porque todos estão a pensar que estás a a mentir.
Parabéns.

Lembra-me de te oferecer os «Escritos do Escroto» do meu amigo Vicêncio Vieira

24/8/05 17:15  
Blogger musqueteira said...

Viva Legível,
Todos os dias são mais um dia...e o dia...aquele, do início da caminhada deste nosso calendário...é o dia assinalado:)Parabéns!...:)

25/8/05 00:05  
Blogger legivel said...

Para Fi@:
Não é caso para tanto. A quem já não aconteceu que por tanto desejar algo, fique mesmo convencido que o possui? Não é o meu caso em relação à passagem dos anos; que os quero gozar "o mais devagar possível", fazendo fé nos avisos filosóficos dos mais velhos.
Beijos.

25/8/05 09:24  
Blogger legivel said...

Para Pp:
Muitos thanks ...e submarinos!
O "gato" agradece ronronando e roçando-se pelo template (como qualquer gato que se preze) e espera pelo carapau da ordem...
A perna está em grande. Já anda sózinha....

25/8/05 09:39  
Blogger legivel said...

Para Rita:
Deixas-me surpreendido...Então não gostas de fazer anos?! De seres o centro das atenções?! Mas...Quem é que não gosta, de pelo menos uma vez por outra, de ser "apontado a dedo pela positiva", receber montes de elogios e instado para botar palavra?
No que a mim se refere...não quero outra coisa. Por que pensas que escolhi este tema para o post actual?
Um beijo, Rita.

25/8/05 09:47  
Blogger legivel said...

Para Mood:
Se não houvesse um pedaço de "acção":
um beijo aqui, uma discussão acolá, uma separação mais à frente, um reencontro ao virar da esquina, uma lágima a jeito, um riso trocista, uma gargalhada com vontade..."isto" seria uma monotonia, não é verdade?
Beijinhos.

25/8/05 09:55  
Blogger legivel said...

Para Segurademim:
Alcançaste o(s) cerne(s) da questão: sou um guloso, mimado e não quero fazer niente.
A "minha Mona" dá-me o "arroz" e muitas mais coisas que eu não venho para aqui especificar que este espaço é um sítio de grande dignidade e moralidade à prova de fogo*

* No verão, nas outras estações e...apeadeiros.

25/8/05 10:03  
Blogger legivel said...

Para Armando ésse:
Já estava a prever que alguém viesse em defesa da "minha senhora" e das senhoras em geral e este inocente escriba de quotidianos, passasse à condição de figura secundária. Foste tu o primeiro; parabéns!
Abraço.

25/8/05 10:11  
Blogger legivel said...

Para Jrd:
Calculo que sim, que aquilo tem sido uma calamidade lá pelas Suiças e Austrias com inundações de arrepiar...

25/8/05 10:20  
Blogger legivel said...

Para Peter:
Do "mesmo mal" me queixo eu, que nunca vi um tigre deitado de barriga para baixo e a olhar espantado para um blog desta natureza...

25/8/05 10:22  
Blogger legivel said...

Para Jpd:
Ultimamente "ela" não tem andado assim tão meiga...e muito me tem custado.
Penso que tal deriva das conversas que tem vindo a manter com a mãe (cada vez mais frequentes) e sabendo eu que a minha sogra não morre de amores por mim, deve andar a infernizar-lhe a...Mona.
Talvez seja apenas uma fase. A ver vamos.
Abraço.

25/8/05 10:27  
Blogger legivel said...

Para Joana:
Obrigado pela dica do continente. Será um alibi para arriscar a pôr os pés numa grande superficie, esse dos bolos.
A goludice sobrepôe-se ao meu receio dos grandes espaços fechados*

* Ficou-me de pequenino quando caí a um poço e me recolheram passados cinco dias...Outras histórias...
Beijos.

25/8/05 11:12  
Blogger legivel said...

Para Cp:
Se a matemática da calendarização não é uma batata...

25/8/05 11:13  
Blogger legivel said...

Para Sotavento:
Bem vinda a este espaço "farmacêutico" onde (por vezes) sorrir é o melhor remédio.

25/8/05 11:18  
Blogger legivel said...

Para Vodka e valium 10:
Neste espaço e por respeito a quem me visita, jamais mentirei.
A maioria das vezes, "represento" o que aos meus olhos é dado ver e aos ouvidos ouvir.
Outras vezes, as restantes, finjo que represento realidades que não passam de ficções, tais como mas "vendem" e que não posso por isso, comprovar como boas.
Vender gato por lebre, nunca.
Creio que esta "explicação" me deixou suficientemente confundido...para me lembrar dela mais tarde.

Não é preciso aniversariar para te lembrar do livro. O nome do autor e o título são suficientes para o ler de imediato.

25/8/05 11:30  
Blogger legivel said...

Para Musqueteira:

"Por armas e barões assinalados"
que do meu triste fado de nascer
os dias meses e anos já passados
me dão mais vontade de...comer*.

* Sem uma boa mesa, não há bardo que resista.

25/8/05 11:46  

Post a Comment

<< Home