Wednesday, November 04, 2009

EM DEFESA DA HONRA (6)









Um destes dias, em conversa de circunstância com um vizinho, Jesualdo ficou a saber que o seu nome era referenciado na blogosfera. Após ter matado o bicho da curiosidade - não fosse ele homem de convicções fortes - também se teria matado, porque o que leu àcerca de si, apenas se poderia classificar de uma miserável infâmia. Revoltado, reuniu no Martinho das Arcadas, familiares, amigos e conhecidos e relatou o que tinha lido. Foi sereno no início, emocionou-se no meio e irritou-se depois. Quando ao concluir - na torrente de argumentos, afirmando-se marido exemplar - interrogou «vocês estão a seguir-me?» e a plateia em uníssono aquiesceu, abriu os braços desalentado. Anónimo entre a assistência, o autor destas linhas também não achou graça nenhuma ao coro afirmativo, porque, seguramente, calculou cerca de cinquenta pessoas a seguirem Jesualdo. O que quereria dizer que esta história se arrastaria até finais de dois mil e dez... Quem a imagem não mostra (por absoluta falta de espaço) são as faces ocultas de Eunice*, Lídia** e Alípio** (entre outras faces ocultas de outras histórias não ficcionadas), que se encontram, respectivamente, nas décima, décima primeira e décima segunda arcadas, a seguirem-se entre si.
*Eunice, esposa de Jesualdo (para quem começou agora a ler a história) foi naturalmente convidada mas "escusou-se" argumentando cansaço pela viagem a Freixo-de-Espada-Curva, onde esteve na noite de Halloween a distribuir chicletes e mordeduras. Está feita uma seguidora nata.** Lídia e Alípio são mais para os queques e bolos-de-arroz .

Continuamos, não é verdade?

2009. Foto e texto de Alberto Oliveira.

29 Comments:

Blogger Rosa dos Ventos said...

Claro que continuamos mas não ocultes muitas faces! :-))

Abraço

4/11/09 14:55  
Blogger gabriela rocha martins said...

claro que sim ... mas ,não comeces a "engonhar" a história


inté!


.
um beijo

4/11/09 15:36  
Blogger oxalá said...

Homem!... se tu não continuares nunca mais o pescoço de cada um volta ao sítio. Livra-te de tal desvio ou eu terei de te chamar à estabilidade governativa. E disse.

4/11/09 16:05  
Blogger Licínia Quitério said...

Olha que o Jesualdo (aquele de braços abertos e ar desesperado) vai ter que se acalmar e reler atentamente os episódios anteriores para poder preparar uma postura digna de um hiper-perseguido, quero dizer, disfarçadamente guiando a sua trotineta equipada de vários retrovisores e assobiando uma romântica melodia do Frank Sinatra.

E que a imaginação seja contigo que a tamanha tarefa te atreveste.

4/11/09 17:24  
Blogger JPD said...

Acho bem a reunião nas arcadas.
Não é possível manter reunida em «open space»-no-jardim, depois do pôr-do-sol, tanta gente que já estaria esgotada e por saciar.

Haverá melhor maneira de conhecer os verdadeiros sentimentos das pessoas do que sentá-las à mesa e, dessedentados, escutar o que realmente lhes vai na alma... de perseguidos ou perseguidores?

Muito bem pensado.

Um abraço, Alberto.

4/11/09 22:19  
Blogger Azul said...

É claro que continuamos. Sabe a primeira impressão que tive hoje, quando abri este seu canto? Ao olhar para a fotografia, pensei: olha aqui está outro bipolar, a dar-lhe na mania dos discursos em público! ehehe
nem queira saber: andam todos uns danados que só visto!

bem haja. grata pela visita. novas em carmim. beijjos

4/11/09 22:29  
Blogger bettips said...

Impossível "angelicano" stop não consigo apanhar-te stop no catch up the enredo stop no Ketchup but Covent Garden forever stop kisses

5/11/09 01:39  
Blogger Joana said...

Simmmmmmmm! Continuamos!
:)

Ali a pose do Jesualdo na foto é que é digna de um momento de "folhetim de faca e alguidar!"

5/11/09 10:20  
Blogger MagyMay said...

Claro que continuamos!!!
Eu que estou aqui a fazer, emboscada???
Obviamente, a seguir-te...a segui-lo...a segui-la... a seguir...

5/11/09 21:35  
Blogger uminuto said...

claro que continuamos. isto já deu tanta volta que quando chegar ao fim já nem me lembro como tudo começou :)
um beijo

6/11/09 14:43  
Blogger Filomena Barata said...

Eunice, põe os pés de molho!!!

6/11/09 17:16  
Blogger Fa menor said...

Ora claro que sim!

vamos lá seguir com isto que se faz tarde.

Quando os vizinhos souberem também querem aparecer na blogosfera.

Bom fim de semana

beijos

6/11/09 21:57  
Blogger Arabica said...

Claro que continuamos! :)

Oh faz favor traga-me um panaché para refrescar a meta-fisica desta perseguição sem tiros! :)

Beijos e trotinettes :))

7/11/09 09:27  
Blogger Arabica said...

E bom fim de semana! :)

Para ti e todos os seguidores enrodilhados na trama :)

7/11/09 09:28  
Blogger Filomena Barata said...

Apenas "fantasiar". Obrigada Alberto.

7/11/09 11:36  
Blogger Justine said...

Vamos continuar, pois claro, até conseguirmos "desocultar" todas as faces que praí andam com enormes óculos escuros...
E vivá tua imaginação suculenta:))

7/11/09 20:18  
Blogger MagyMay said...

Exorcizando as minhas culpas e omissões (rs):
A minha bola é azul.. é vermelha...e
http://www.youtube.com/watch?v=BhVSsIjrir8

Sorrisos uns quantos...para o fds

7/11/09 20:34  
Blogger São said...

Mas ainda se pergunta?

Bom fim de semana, ALberto.

7/11/09 21:57  
Blogger lélé said...

Mas tens razão, sim senhor! Ainda deve haver muita gente para ser seguida... A ver pelos ratinhos que têm saltado ultimamente...

7/11/09 22:55  
Blogger mixtu said...

o homem tem que se aclamar... não resulta chatear-se

continua...

abrazo serrano

8/11/09 14:47  
Blogger legivel said...

Sandra Fonseca said:

Deve existir um Josualdo "persecutório dentro de cada um.:)
Beijo.

8/11/09 16:50  
Blogger Rui Fernandes said...

Deixa ver se percebo ...

.......

................

Creio que não percebi.

Cheguei há pouco e, sem conhecer muito bem o que está para trás, já percebi que não percebo nada: isto está mais enredilhado (não é erro, é mesmo assim) que o mistério da IC19.

Claro está que foi muito útil o esclarecimento de que a Eunice era, perdão é, a esposa do Jesualdo. Tratando-se de nata espero eu que tenha aquela camada fina da nata queimada e que a massa seja estaladiça, daquela que a gente diz "ai, comia-te toda" que isto de queques e bolos de arroz são um bocado enfastientos e a gente só lhes prega o dente quando está mesmo a esticar o pernil com fome.

Que o Jesualdo ande a ser seguido, pois bem, isso é uma boa ocupação e um entretém para a reforma e até pode subir à montanha e pregar o sermão das bem-aventuranças ou arrebanhar seguidores para a alcaieda que é uma morte santa, dizem, que eu cá ainda não provei, e sempre é melhor que a morte macaca que é a mais frequente neste país.

Continuemos, então. Que enquanto há vida, há esperança.

8/11/09 22:51  
Blogger Ruela said...

Claro que sim ;)


chicletes e mordeduras ;)))



Abraço.

9/11/09 22:03  
Blogger ~pi said...

[mas.que.tramada.trama,]

como.não.continuar!?





beijo,saudadessssssssssss:)

10/11/09 14:22  
Blogger São said...

e a continuação?

Tudo de bom.

10/11/09 15:13  
Blogger M. said...

Eu tenho vontade de continuar mas estou tão perdida...

13/11/09 19:36  
Blogger legivel said...

Para M:

Faz como eu: fecha os olhos e segue em frente.

13/11/09 20:12  
Blogger legivel said...

Para São:

A continuaSão já lá canta. No post a seguir...

14/11/09 09:38  
Blogger Alien8 said...

Está bem... Para contrabalançar o Jesualdo, já apareceu o Jesus no final do capítulo anterior. Agora nessa da falta de espaço é que não caio. Para mim, "o fotógrafo não estava lá". Para mim, não, para os que não aparecem na foto!

E as arcadas que arquem com as consequências. Pois!

15/11/09 16:56  

Post a Comment

<< Home