Wednesday, October 07, 2009

A HISTÓRIA DESTA ESQUINA (2)










Jurou que havia de conhecer a verdade dos factos por muito que, eventualmente, isso a fizesse sofrer. Para passar despercebida a quem a pudesse reconhecer do texto anterior, usou um shampô que garantia uma cor três vezes mais brilhante ao cabelo louro (em sinal de aprovação, a sua gata Morgana, encandeada, piscou os olhos seis vezes), trocou a roupa casual por outra que não era tal nem deixava de o ser, apanhou o metro no Cais do Sodré, saiu na Baixa-Chiado e voltou a entrar num combóio cujo destino era... o Cais do Sodré. À segunda tentativa conseguiu chegar à estação dos Restauradores e, à superfície, percebeu que para ficar nas proximidades do edifício da Câmara, teria de voltar ao princípio. Retrocedeu, desta vez a pé, na direcção do Tejo. Resistiu à tentação de entrar numa sapataria (os sapatos eram a sua secreta paixão...) mas cedeu ao chamamento desafiante dos bolos na montra de uma pastelaria. Um babá e uma água depois, os acordes de "Just Around The Corner" no seu telemóvel, chamaram-na à realidade. Era Jesualdo mais o seu inconfundível registo de voz afectado, a pretender semelhanças com apresentadores de telejornais «Então onde anda a minha mais-que-tudo, que liguei para casa e não atendeu?» Eunice não perdeu um segundo a retorquir «E o meu amorzinho não se lembra que hoje é dia da sua amada comprar verduras, no Mercado da Ribeira? Não me diga que não consegue ouvir a senhora da banca das curgetes e tomates a gritar "quem me acaba o resto?!"? E o meu querido? Está a despachar despachos com o despacho que lhe é tão caro?» Ela registou que ele demorou a responder afirmativamente uns bons cinco segundos. Depois de desligar, teve a nítida sensação de que alguém, nas suas costas, a observava: voltou-se a tempo de reparar na jovem - encostada à esquina da tranversal rua dos Correeiros - que desviou rapidamente o olhar...
Continua com outro dígito.
Texto e foto de Alberto Oliveira.

26 Comments:

Blogger Lídia Borges said...

Genial a ideia dos "episódios".
Prende o leitor.
À parte este pormenor, gosto do tom bem-humorado do texto e da "agilidade" da escrita.

L.B.

7/10/09 16:33  
Blogger bettips said...

Just around "that" corner
era o que ouvia aqui.
E não acabo o resto que os correeiros me fazem lembrar apanhar com a correia, ou o correia: deve haver um autarca qualquer com esse nome...
Desvio rapidamente o olhar que se me prende às imagens.
Bj

7/10/09 18:32  
Blogger Rosa dos Ventos said...

Encontrei-a na estação da Baixa-Chiado e vi que realmente estava um pouco deslocada.
Algo de britânico no seu ar me indicava que não era aquela a direcção que pretendia seguir! :-)
Espero que tenha chegado a casa a tempo de fazer o jantar para o maridinho dos despachos.

Abraço

7/10/09 18:59  
Blogger MagyMay said...

Faça lá o que a tua imaginação lhe mande o Jesualdo, a Eunice ou a misteriosa que na esquina vai permitir que esta história continue... este texto está sublime.
Quero ser como tu!!!
(escrever e ter ideias e fluir assim... só nisso, óbviamente..rsrs)

7/10/09 20:28  
Blogger JPD said...

Ainda será cedo para tirar conclusões.
Sei perfeitamente que o autor não irá revelar o que pensa fazer deste casal de conjugalidade furtiva.

Palpite: Não se tratando de «partidinhas», apenas de «surpresas» para manter viva a chama da conjugalidade... (Termino aqui o palpite, para não errar mais)

Os próximos episódios dir-nos-ão muito sobre a jovem á esquina e os traços de carácter deste casal.
Há muito para saber sobre a prole

Família Adams moderna -- Palpite 2 --, não parece ser o caso, apesar do nome da Estação de Metro (OCS)

Um abraço, Alberto

7/10/09 23:31  
Blogger lélé said...

E quem é aquela mocinha, lá mais atrás, com uma mala preta e cabelo branco a condizer? Cá para mim, essa é que tem cara de quem anda a observar!...

8/10/09 00:52  
Blogger gabriela rocha martins said...

mantenho a curiosidade
( suspensa )

muito embora saiba que foi aquela ( curiosidade ) que matou o gato

irresistível......



.
um beijo

8/10/09 16:45  
Blogger casa de passe said...

Mas será que a gata Morgana tem bom gosto?


Ernesto, o avô

8/10/09 18:31  
Blogger São said...

Pois continuo gostando.

Boa noite.

8/10/09 22:02  
Blogger batista said...

enquanto coloco a leitura em dia deixo um abraço fraterno.

9/10/09 00:19  
Blogger Arabica said...

Ai...a gata Morgana entrava tão bem num romance com o gato do telhado! :)

Que andará o Jesualdo a despachar fora de horas?
:)

Beijos e sorrisos :)

9/10/09 02:19  
Blogger Fa menor said...

Isto é que é suspeeeeeense!!!
Que voltas e mais voltas que a vida nos faz dar!

Bjos

9/10/09 10:28  
Blogger uminuto said...

um olhar pelas palavras. um olhar que se perde em vidas do quotidiano e que descreves com ironia e mestria. para esperar (ansiosa) pelo próximo dígito.
E entretanto agradeço o castelo de areia (a edificar um destes dias) de um tempo de estio que finda
um beijo salgado

9/10/09 13:36  
Blogger Justine said...

Pois "isto" continua a cheirar-me a gente disfarçada daquilo que realmente é, para enganar quem sabe que não pode ser enganado mas que finge que pode!
A gata Morgana, como todos os felinos, está ali só de passagem, não é?

9/10/09 17:18  
Blogger M. said...

Isto promete...

9/10/09 18:43  
Blogger Mar Arável said...

Em véspera de eleiçoes

a coisa promete

nos Correeiros

que tem muitas esquinas

Boa malha

9/10/09 19:01  
Blogger oxalá said...

Homem!... afinal mudaste o azimute e vai na volta ainda te pedem em casamento!

10/10/09 16:58  
Blogger tulipa said...

HOJE faço uma homenagem à minha sobrinha Tânia do Bookcrossing, falecida em Março passado:

Minha querida, um “grande amigo” recente, também da blogosfera, mas já real, em Abril passado, já depois da tua partida para sempre da minha vida, fez o percurso “Caminhos de Santiago” ( conheceu-te através de mim, do meu sofrimento, da partilha de emoções) e, juntamente com os seus companheiros de caminhada rezaram por ti e fizeram uma oferta pela tua alma, deixando no local um símbolo e umas florzinhas do campo.
LINDO, não é?
Aqui estão duas imagens desse “momento”.
Faço-te homenagem nos meus dois blogues, neste "teu dia".

10/10/09 23:54  
Blogger Sandra Fonseca said...

Muito bom voltar a ler-te. Em alta nas histórias geniais.
Beijo.

11/10/09 15:44  
Blogger A Teoria do Kaos said...

Olá,

Gostam de animais?

Então visitem o Grupo Animais em Portugal

http://groups.google.pt/group/animais_portugal?hl=pt-PT


Cumprimentos,

11/10/09 19:02  
Blogger Filomena Barata said...

Reconheço a esquina, aquela quase junto ao mercado. Boa semana

12/10/09 07:19  
Blogger Joana said...

Estamos de paparazzi! :) acho muito bem! eheheh!

13/10/09 00:42  
Blogger Arabica said...

béu béu, ladra o cachorro, da esquina. Julgou ver passar um ossso, mas afinal era apenas um digíto. :))

Beijinhos e sorrisos :)

13/10/09 08:10  
Blogger Ruela said...

Estive há pouco tempo no local da fotografia, exactamente ali encostado a disparar uns tiros fotográficos....


Nem a gripe aviária me vai fazer perder o próximo dígito ;)


Abraço.

13/10/09 12:54  
Blogger LUA DE LOBOS said...

gostaria de te convidar para o lançamento do meu ultimo lovro mas não sei o teu email :)
xi
maria de são pedro

13/10/09 16:52  
Blogger Alien8 said...

De pelote tiquéns.

(Já usei isto há uns tempos, mas parece-me adequado...)

'Bora ler o resto, c'a coisa promete. Mas... e o Jesualdo?

Um abraço.

17/10/09 00:09  

Post a Comment

<< Home