Tuesday, October 03, 2006

NO REINO da DINAMARCA

















Se havia coisa que Gustavo não gostava era que lhe tentassem vender gato por lebre ou pombo por faisão. Ficasse ele de pé atrás com a fartura da oferta ou o exagero dos salamaleques não descansava enquanto não se pusesse em campo e tirasse a limpo o que lhe parecia trazer água no bico. Não que fosse desconfiado. Mas a vida já lhe tinha ensinado tanto que, a olho nú, conseguia num ápice distinguir a diferença entre um mentiroso e um coxo, exercício mental que exigia vastos conhecimentos algébricos e que nos seus tempos de jovem nunca se dera ao trabalho de praticar por manifesta falta de tempo, preenchido com outros exercícios bem mais apetecíveis ao palato e... ao corpo.
Dessa vez o caso nem tinha aspectos de gravidade por aí além, pois não ofendia ninguém na pele nem na honra. Aconteceu que o Carrilho -aldrabão reconhecido e convicto mas que ninguém tinha a coragem de pôr em causa, andou uns tempos sumido da vista das gentes da freguesia. E quando se tornou visível, anunciou ter regressado de fresco de uma viagem -no mínimo fantástica! às terras escandinavas da fartura económica e do nosso desespero. Quando chegou ao ponto de afirmar que a rainha concedia audiências de peito a descoberto, Gustavo afinou. Se os outros boquiabertos por tais notícias se babavam, ele sentiu-se ludibriado e jurou que havia de encetar igual viagem e desmascarar o impostor.
Foi e regressou derrotado. Na verdade, a rainha trajava?! em tais preparos e o rei não lhe ficava atrás. Menos o staff real; que esses tinham um receio danado da gripe... das aves.
Barcelona 2006. Texto e foto de: Alberto Oliveira.

28 Comments:

Blogger Pilantra said...

Isso complicou-se! Agora é a rainha que vai nua? Não percebo por que é que o staff não recebeu ordens para se despir! Estou a ver que esse reino já não é o que era!
A Finlândia é que está a dar: anda tudo nu a atirar-se à maré de rabo ao léu e têm genéricos de referência! Aquilo é que é vida!

3/10/06 17:49  
Blogger Rui said...

A Rainha de Copas suspirou finalmente. 17h, hora de sair do pedestal. Pegou no roupão e foi tomar o seu duche revigorante. Cansava-a passar o dia em audiências. Sentia-se exposta, de alma despida, que do corpo ela não queria saber, não era nudez que a preocupasse.
Vestiu-se e saiu ainda a tempo de ver o ultimo raio de sol a desaparecer por cima dos telhados da zona antiga, perto da catedral. Puxou de um cigarro e tomou a direcção habitual: a taberna. precisava urgentemente de uma caña e deum pincho de bacalhau cru.

3/10/06 18:17  
Blogger a rasar o ceu said...

estava bom o Norte????

_______________beijos.

3/10/06 21:57  
Blogger Maria P. said...

Algo está mal no reino da Dina-marca!

(fico à espera da tal fotografia)

Um beijo.

3/10/06 22:39  
Blogger APC said...

Como consegues essa absurda e apetecível derrapagem pelo irreal em que nos levas distraídos (e embevecidos)? Aplaudo!!!
E olha que aquele peito não deixa de ser majestoso!

4/10/06 03:24  
Blogger Sofia said...

A tua capacidade inventiva, de olhar para uma foto e nos contares a sua estoria, deixa-me sempre fascinada.

É bom vir ler-te!!

bj

4/10/06 10:15  
Blogger alice said...

tu bem podias ser um princípe encantado ;)

beijinhos,

alice

4/10/06 10:24  
Blogger BlueShell said...

heheheh..gostei de te ler!!!
BShell

4/10/06 11:09  
Blogger anirac said...

e fica assim...beijo

4/10/06 12:18  
Blogger Clara Hall said...

Caro Legível
E é caso para se dizer: ver para crer!
Fico a pensar no Gustavo, coitado. Voltou derrotado. Mas veio assim deprimido porquê? Por ter constatado que o tal Carrilho falava verdade, ou será que não conseguiu uma audiência com a rainha? Ou será que foi tudo imaginação, primeiro do Carrilho que gostava de vender gato por lebre e depois do Gustavo que nunca trocava faisão por pombo? Uhm…não sei… há por aqui muita coisa para tirar a limpo…!

Agora ia dizer que gosto imenso de vir aqui perscrutar as suas ironias e entrelinhas, mas não posso porque, corro o risco de me repetir.

:))

4/10/06 13:29  
Blogger sotavento said...

Então não é que me disseram que, se andasse com uma batata na algibeira, não apanhava a tal da gripe das aves?!... Isto terá alguma base científica?!... :|

4/10/06 14:59  
Blogger De tudo e de nada said...

Ai se o Alexandre O'Neill lê-se isto:)) Saudações

4/10/06 16:32  
Blogger Maite said...

Caro Legível

Não resisti a uma enorme gargalhada. O seu humor é brilhante :)))))

Como na peça de Shakespeare Hamlet que fui ver, há cerca de um mês atrás, na Regaleira "Algo está podre no reino da Dinamarca".

Uma boa tarde para si :)

4/10/06 17:57  
Blogger AnaGarrett said...

O Rei não. O Reino está desnudo. Totalmente.
Beijos

4/10/06 23:33  
Blogger JPD said...

E não é para menos: ou há bico e «aves» ou há pardais e milho. Confusão é que não!
Um abraço

5/10/06 16:25  
Blogger Luigi said...

será que o texto mirabolante surgiu depois de teres tirado a foto? Assim parece. És o fotógrafo das palavras

5/10/06 16:31  
Blogger Teresa Durães said...

olá

só agora vim porque ando cansada e sem concentração. li mas tenho de vir ler de novo. sorry. beijos

5/10/06 16:33  
Blogger Velutha said...

E o séquito real , com medo da gripe das aves, fugiu. Ficaram o rei e a rainha, tão assustados, que fugiram também para reino distante. Regressaram passados meses sem crista e sem voz. Terão aprendido a lição?
Beijos

5/10/06 21:38  
Blogger dreams said...

e ainda dizem que esse reino é frio :)

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

6/10/06 01:34  
Blogger Licínia Quitério said...

Sinto-me um bocado despeitada com este texto.
Já comeste peito de faisão aux herbes fines?
Percebe-se que a minha cabecinha está assim como que oca?
Olha, uma vez que não sai nada de jeito, faz de conta que é ontem e, só para provocar esse tal reino da Dina, digo: Viva a República!

6/10/06 08:57  
Blogger inBluesY said...

onde raio ele encontrou isto ... uma reinha nua assim desta forma ?


e os pasteis já estão vestidos ..?

[os parabéns são a um coração, os meus perto mas ainda não foi desta:)]

bjs amigo

6/10/06 09:08  
Blogger segurademim said...

... devias mostrar-nos o princepezinho!!!! será que tem corpinho de sereia???

6/10/06 09:48  
Blogger Silvia said...

Será que há algo podre no seu reino... Alguma ave que tenha caído moribunda, quem sabe. Bom fds

6/10/06 13:42  
Blogger Peg solo said...

Gustavo, andava a ver se pescava alguma coisa pq andava muito à deriva e aparece o Carrilho pronto para ser objecto de implicação... não deixo de me perguntar: a rainha seria a Barbara?

6/10/06 15:08  
Blogger nnannarella said...

De peito a descoberto ? ...


Ó bárbara amazona,

que agora
és rainha de terras invejadas pelos que descenderam (mal) do Augusto Adriano:

latinos boçais, burros e bobres !


______________

p.s.: ligeira constibação

6/10/06 19:46  
Blogger Teresa Durães said...

Nada como ver sem lentes que na realidade o rei e a rainha vão nús.

agora essa história da gripe das aves, eu, Caturra, não lhe vi piada! Ora pois. O staff estava vestido para fazer contraste com o casal, essa é que é essa. Esse Gustavo não percebeu peva!

Boa noite fotógrafo altivo e ...viril?

7/10/06 03:53  
Blogger Teresa Durães said...

P.S Zangado comigo???

7/10/06 16:29  
Blogger Teresa Durães said...

(não era preciso gabar nadica... olha então... vou lá ver)

7/10/06 16:42  

Post a Comment

<< Home