Friday, August 18, 2006

SORRINDO à CHUVA












Quando arrumou o velocípede junto aos outros, próximo do passeio, vi-lhe o sorriso no rosto. Era uma mulher jovem e anónima que provavelmente iria iniciar mais um dia de trabalho. Com um sorriso no rosto. Logo a seguir começou a chover - uma chuva que teimava em aparecer de quando em vez, para desespero do turista latino que, se estivesse nas suas mãos, decretaria que "quando se passeia no Verão não chove!". Ela abriu o guarda-chuva -sem fechar o sorriso do rosto, atravessou a rua e desapareceu por uma das portas do edifício em frente. No interior do café vienense onde me encontrava, a música de Johann Strauss continuava a inundar suavemente o estabelecimento. Paguei e vim para rua. Enfrentando a chuva com um sorriso. Austríaco.
Viena, Agosto 2006. Texto e foto de: Alberto Oliveira.

29 Comments:

Blogger Luz said...

:)

18/8/06 13:40  
Blogger De tudo e de nada said...

Viena é uma cidade que adoraria conhecer. Espero tragas nos bolsos algumas migalhas para dar aos amantes do vocabulário do sul:)

18/8/06 16:41  
Blogger Phi@ said...

oh que inveja, sniff, não me levaste contigo!! magoei!! bxox
(ainda bem que voltaste, já tinhamos saudades)

18/8/06 17:05  
Blogger Spiritman aka Bacardiman said...

Ok, ja percebi pra onde foste de férias! Lool lool lool!!!


Cumprimentos mixed by Jameson 12 anos!

18/8/06 23:44  
Blogger lélé said...

tu e a tua fantasia... viajarias entre 4 paredes, se tal fosse necessário!...

Bem vindo, feliz regresso. Tinha saudades tuas, Legível.

18/8/06 23:54  
Blogger JPD said...

Olá Alberto

De Viena guardo recordações extraordinárias.
Aquele Ring é admirável.
A riqueza cultural da cidade é indiscutivelmente imperial.
Estive lá há cerca de 3/4 anos.
Quando lá voltar há-de ser para fechar o trinagulo, indo a Budapeste e a Praga.
Ainda bem que voltaste e espero que tragas a inspiração habitual.
(A Lique despediu-se)
Um abraço

19/8/06 00:45  
Blogger MC said...

Alberto Albertto,

cá estás tu a meter-nos dentro das tuas viagens. Com que gosto o fazemos...

Bem-vindo.

Um grande beijo

19/8/06 11:42  
Blogger Maria P. said...

Que belo regresso!

Beijinho.

19/8/06 14:08  
Blogger Tons Pastel said...

Só agora me apercebi do teu regresso. Sê bem-vindo!
Apesar da chuva, do vento, do frio mantenho o meu sorriso.O de sempre.
Beijinhos

19/8/06 15:33  
Blogger Teresa Durães said...

Legivel!!!!

Saudades!!

(só estive ao lado, Alemanha, que amo!)

Então foste tu que trouxeste a chuva, logo vi que aqui havia marosca... está tudo compreendido agora. Trocas assim à toa um sorriso latino por um saxão... onde se viu!

19/8/06 16:12  
Blogger Teresa Durães said...

(eles são saxões ou germanos? ilha agora baralhei-me!)

19/8/06 16:13  
Blogger tb said...

Viena e Strauss, combinado com um sorriso. Ingredientes para uma estadia perfeita.
Bem vindo!
Beijo

19/8/06 16:25  
Blogger Teresa Durães said...

legivel não muda

diz a mãe - credo home' já voltaste? toma lá o jantar, beijo de boas vindas e vai-te à vida!!
qu'ê gosto do meu filho mas isto é um desassossego quando chega!

diz a (tal) do mestrado - Não!!!!!

diz o orientador - (porque não aumentam as férias?)

diz a namorada - Ah! querido!! ah! que gosto ver-te! rir! Lá se vai o tino!

diz a futura sogra (suspirando profundamente) - (pronto... chegou.) Legivel. Gosto em vê-lo. Não ficou por lá?

o que queria dizer com aquilo?

melhor sátiras virão... tá mau tempo...

19/8/06 17:02  
Blogger Licínia Quitério said...

"Quando encostei a bicicleta, senti os olhos dele por detrás do vidro da montra. Parecia assustado, espiando a chuva. Devia vir de um lugar onde o sol põe reflexos de cobre no olhar. Mal entrei no escritório, cheguei-me à janela e vi-o sair do café. Agora a sorrir, apesar da chuva. Parecia envolto numa música de Strauss. Com um andar austríaco."

Bom regresso.
Um abraço.

19/8/06 17:03  
Blogger Mendes Ferreira said...

:)



olá Poeta.



beijo.

19/8/06 18:07  
Blogger Seila said...

aí o pessoal recebe-te de braços tão abertos que eu até me sinto mal por só poder dizer assim: olha que só me faltava mais este agora a contar as férias quando eu inda na pus o cú fora das prais algarvias todos os dias a mesma coisa e lá fui uns diazinhos a lisboa e mais uns quantos um pouco mais a norte só dia 23 é que sairei das fronteiras que raio de fim de semana me estava esperado com estes viajantes a regressar e a infernizarem a vida da gente que já não bastam os milhares a inundarem os cafézitos pendurados sobre as praias onde deixo de puder ler sossegada o meu jornal ao sábado de manhã e vai daí anda algum austríaco a dizer o mesmo que a vida é mesmo assim e este (que és tu, na sei se tás a acompanhar!)vem-me contar da chuva quando por aqui até isso se deu em abrir que me desfez os poucos figos que as branduras haviam amadurecido e me molhou as lenhas para as noites frias e este ( que és tu, na sei se tás a acompanhar!)parece que só pensa na chuva no Verão como molha turista
E ainda bem que vieste mas tu desculpa que eu nem estou em mim com esta sinceridade que hoje me deu, é que (não) fazias cá (tanta )falta. :)e mais com muita sinceridade ao vivo a e acore te envio um grande ósculo que os beijos estão guardados para depois do meu regresso.

19/8/06 19:04  
Blogger Teresa Durães said...

(se por acaso reconheceres qual quer quadra tua lá no Voando,não fui eu)

19/8/06 21:11  
Blogger alfazema said...

Amigo, festejo o teu regresso. Andaste lá por outras Europas, mais frias, mais chuvosas mas nem por isso menos apetecíveis. Tinha saudades deste teu papel porque a fantasia traz-nos sempre alguma felicidade. Conquistaste simpatias, sorrisos e também aprendeste a sorrir com a chuva porque o que interessa mesmo é estar vivo, ter saúde e algum papel para poder passear e fantasiar.
Beijinhos

20/8/06 09:58  
Blogger Llyrnion said...

Nem mesmo com chuva aqueles maravilhosos parques e jardins ficam menos convidativos.

O "bosque" de Schonbrunn, à chuva, é lindo. E nem os esquilos se assustam com ela :)

Welcome back, e parabéns pelo sorriso :D

20/8/06 10:44  
Blogger Joana said...

Perfeito!
Em vez de singing in the rain, podemos smiling in the rain!
:)
Eu adoro que chova em pleno Agosto, dá para quebrar a monotonia, para aliviar o peito, para rever o cheiro a terra molhada, a cidade refresca-se!

Estou mais ou menos na terra-do-nunca e para pessoas como tu dou sempre sinais de vida!
:)
beijo e bom resto de domingo!
p.s.
Ainda bem que voltaste! :)

20/8/06 16:29  
Blogger Paulo Sempre said...

A chuva e os sorrisos..são referências indicadoras de "arco-íris" de instantes com os quais, por vezes, a vida nos "brinda". São, também, o ponto de partida...para algo que o futuro pode manter ou destruir....
Abraço
Paulo

20/8/06 17:14  
Blogger Clitie said...

Conta mais!...

Beijinhos

20/8/06 18:23  
Blogger Mendes Ferreira said...

muito mas mesmo muito mimado este Poeta....

(quer mais teatro...?)

:)


é o que dá a Ave fazer de si uma estrela...:))))
.



beijos!!!!!!!!!

20/8/06 19:08  
Blogger anirac said...

olá! assim é que é, que voe a chuva, há um mundo tão lindo para ver...eh beijo e bem vindo ao 'trabalho' bloguístico*

20/8/06 19:36  
Blogger Luna said...

é esse sorriso nos labios, o não dar importancia ao que não, tem que faz a diferença de estarmos no mundo, mais felizes ou infelizes
beijinhos e bom regresso

20/8/06 19:42  
Blogger Pilantra said...

Legível, ganda malandro!

Com que então andaste nas valsas!

Confessa que só a chuva é que te fez voltar!

Beijos!

20/8/06 23:43  
Blogger inBluesY said...

uma chuvita de férias é fantástico ! depende dos braços é certo mas recebo-a sempre de sorrisos largos !


por falar em largos como encontro Belém ?!

1 BJ**

21/8/06 01:29  
Blogger Mendes Ferreira said...

hum....sei não.....saudades ....do rio e das estórias....




beijo. masai.

21/8/06 05:41  
Blogger alice said...

querido legível

gostava muito de te convidar a visitar um blog muito especial onde colaboro a nível gráfico

é de um amigo meu que escreve muito bem, acho que gostarás de ler

http://vinte--anos.blogspot.com

obrigada desde já

um beijinho

alice

23/8/06 11:25  

Post a Comment

<< Home