Saturday, July 15, 2006

CENAS do TEMPO ESTIVAL
















Sociólogo que se preze sabe que investigar a maneira de ser do cidadão português, passa inevitavelmente pelo trabalho de campo... na praia. De facto, é nesse meio-ambiente de relaxamento ou, se se quiser, de descompressão mental que a lusa gente abre as defesas e revela em plenitude hábitos e costumes que de outro modo dificilmente se denunciariam.
Num destes dias de calor intenso, preparava-se o escriba para avaliar da temperatura da água e dar o mergulho da praxe, quando se lhe depara a cena que a imagem documenta e da qual transcrevo as frases escutadas em directo. Em primeiro plano, Dona Isaura repreende o filho, enquanto revolve com os pés a areia molhada «Estou farta de te dizer que não deves brincar com a prótese dentária do teu avô! Já pensaste como é que ele vai mastigar os bifinhos de cebolada que trouxemos? !». Mais à frente, com as ondas a lamber-lhe os pés, um grupo de crianças de um ATL da Damaia, espalha pelas salsas ondas, o líquido das necessidades básicas matinais; à hora certa e em colectivo. A monitora, quando me vê de máquina fotográfica em punho, grita esbaforida para a Dona Isaura «Ó minha senhora! Olhe esse homem aí ao pé de si a tirar fotografias às minhas crianças!É um tarado!... DEPRAVADO!!!». A Dona Isaura nem para mim olhou, que as suas preocupações eram outras. Eu, óbviamente, retirei-me do local, assobiando "A Portuguesa".
Costa da Caparica, 2006. Texto e foto de: Alberto Oliveira.

43 Comments:

Blogger Seila said...

Atão na é que precisas ir á praia para ouvir umas verdades?! :) um bom fds

15/7/06 10:20  
Blogger legivel said...

Para ninguém em especial:

Ainda agora a carruagem se começou a mover e o que deve vir para aí...

Um bom fim-de-semana sorridente a todos... virtuais e reais...

15/7/06 11:04  
Blogger Phi@ said...

Perco logo a vontade de ir ao mar!!! não é bonito o verter águas em massa!!! pfffff
bxox e bom fim de semana

15/7/06 11:44  
Blogger legivel said...

Para seila:

Ó mulher! Tu deves ser a pessoa que me leva mais à letra...

Bom fim-de-semana sorridente!

15/7/06 11:59  
Blogger legivel said...

Para phi@:

Tens muita razão! A questão estética também passa pelo assunto...

Beijos e óptimo fim-de-semana!

15/7/06 12:00  
Blogger Maria P. said...

É concerteza uma praia portuguesa!

Bom fim de semana.

15/7/06 12:30  
Blogger legivel said...

Para maria p.:

Só não referi o garrafão por decoro...

Bom fim-de-semana, igualmente.

15/7/06 12:42  
Blogger Vanda Baltazar said...

e eu que estava à espera de uma das tuas estorias sobre encontros virtuais de peixinhos navegantes!!

:((


vá....é um pedido...volta lá :))

15/7/06 13:07  
Blogger Vanda Baltazar said...

...e vá lá vá lá, que o dia estava calmo e aos liquidos da Damaia, não se juntaram também satisfeitos, os de toda a cintura industrial de Lisboa... :)) que digamos, de passagem, de vespa, não tem nada :))

...pena, pena, tenho do avô que desesperado, por não poder trincar os bifes, se teve de remediar com uns pastelitos de bacalhau ;))

beijos espraiados

Van

15/7/06 13:14  
Blogger alice said...

isto tudo aconteceu porque a dona isaura não é frequentadora de blogues e nunca se embrulhou neste papel de fantasia, de contrário, saberia de uma receita de bife que aqui deixei há alguns dias atrás (ai que convencida que eu sou) e que dispensa o uso de dentadura postiça ;)

adorei os rabinhos à mostra, lindo, isso será depravado?

e sobretudo agradeço a tua visita de hoje

estou muito bem, obrigada pelo teu carinho

ou não fosses tu o mais azul dos amigos que aqui encontrei

agora confessa: também fizeste xixi no mar?

(ou escreve-se com "ch"?)

beijão

alice

15/7/06 19:00  
Blogger Luz said...

Ahahahaha... Uma manhã fascinante, portanto... :p
Beijinhos :)

15/7/06 20:24  
Blogger Luna said...

vá, vá lá, confessa-te á Alice, também fizeste xixi no mar? Queremos saber ehehe
beijocas

15/7/06 20:49  
Blogger OvelhaNegra said...

Esqueceste-te de dizer que após a «banhaça», regressaram todos aos cobertores que lhes serviam de toalha. As crianças alambazaram-se com pernas de frango e tijelas de arroz-doce.
Os mais velhos comeram arroz de coelho, bem regado por um carrascão vertido dum «palhas». Para compor o cenário, como música de fundo, escutava-se o Baile de Verão do José Malhoa.
Risos.
Um beijo e um óptimo fim-de-semana.

15/7/06 21:07  
Blogger tb said...

cenas da vida real...

15/7/06 22:32  
Blogger dreams said...

e cenas dessas repetem-se pelo vasto litoral...

depravado... lol...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

16/7/06 01:53  
Blogger Teresa Durães said...

(Um voyer na costa da caparica???)
(Um depravado????)

Apreciações de uma Ave (que não periquito) mas que adorou, mais uma vez, o que leu!

16/7/06 03:49  
Blogger alfazema said...

tu dizes as verdades a brincar, com um sorriso, com educação, como só faz quem a tem, com um sentido de humor refinado,como só têm os inteligentes...e lemos com muito gosto até ao fim.
hoje deu-me p`ra isto, o que é que queres?
mas o merecido é devido.
beijos

16/7/06 09:50  
Blogger manhã said...

eheheh, o português, retrato a cores!

16/7/06 12:14  
Blogger Mendes Ferreira said...

eu retiro-me por um momento....volto depois...:)




mas volto.


espero....:)


beijo.

16/7/06 12:36  
Blogger A. said...

...gostava de te imaginar a assobiar com toda a tua graça.

sinceramente com o calor que está a tua fotografia deu-me uma vontade tão grande de entrar por esse mar a dentro.

está na altura de descansar
...acho que já sinto demasiado os restos de tudo o que não valeu a pena este ano.

um beijo.cheio de nós.em tons frescos.só nossos.

16/7/06 14:27  
Blogger Maeve said...

lololol...mas as criancinhas do ATL da Damaia não deviam ter a pele um bocadinho mais tostada??!!lol

16/7/06 15:10  
Blogger batista filho said...

Certamente não encontraria tais descrições em propaganda de agências de viagem... por cá é bem melhor!
"Perdes amigo, mas não perdes a piada", não é mesmo? (risos)
Um abraço fraterno.

16/7/06 16:11  
Blogger Spiritman aka Bacardiman said...

Por momentos ocorreu-me que a tal dentadura correria atrás de alguém ou de algo, mas felizmente q nao.

Gostei do post, mais uma vez, e pra nao variar, gostei tb do polvo, excepto de alguns tentáculos...

Cumprimentos mixed by Jameson 12 anos!!!

16/7/06 22:24  
Blogger Vanda Baltazar said...

:)) obrigada!! :)) por isso é que gosto tanto de te ler!! um feijão de safio, omde já se viu? :))


beijinhos muitos e boa semana!

Van

16/7/06 22:31  
Blogger geno said...

ó dona Isuaurra!! atãm esse polvo?
serrá que tênho quirr pó chôco frrite?

polvo, seja com nódoas, seja com gravatas cai sempre bem. e nada como umas voltinhas a seguir para "desmoer" bem o dito. =)

abraço.

16/7/06 23:39  
Blogger Teresa Durães said...

Abert... Oliveira....

(filósofo? Romancista?)

Nã... caçador de meninos na praia lololol

17/7/06 01:38  
Blogger Vodka e Valium 10 said...

Não haverá assim tanta diferença entre o depravado e tarado que tiras as fotografias e as taradas e depravadas que mnadam os miúdos mictar ali, antes da rebentação.

Viva a silly season!

17/7/06 09:58  
Blogger Sea said...

Que linda imagem e descrição dos areais da Caparica... Só faltou e nº de banhistas por metro quadrado.

17/7/06 10:13  
Blogger augustoM said...

è na praia que o portuga mostra todas as suas sptidões, nem todos delas gostam, ou não teriamos o Velho do Restelo.
Um abraço. Augusto

17/7/06 13:56  
Blogger Rui said...

20.000 léguas

Almerindo esticou três tentáculos e abriu a cavidade bocal num bocejo, o que teria libertado meia dúzia de bolhas de oxigénio caso ele o respirasse.
O intercomunicador vibrou em cima do psiché (?).
- Almerindo, over...
- Daqui Almerindo, over!
- Indices elevados de Creatinina na praia da saúde... investiga, over.
- Roger!

10.000 léguas

Almerindo navega a todo o vapor. Abana a enorme cabeça. Não há octópode que os aguente: os tugas não têm emenda.

1.000 léguas

Congestionamento. Tudo a caminho da Caparica.

À superficie

D. Isaura sente um toque viscoso e frio no ombro. À sua volta tudo é gritaria e pânico. Correm as criancinhas, corre a monitora, corre o fotografo, corre um velhote sem largar um naco envolto em cebolada, toda e gente corre.

- Você!!! - Exclama Almerindo, largando uma golfada de tinta. - Logo você!!
D. Isaura, apavorada, ia tendo um fanico (mas não teve).
- Um... um... você é um...
- como se não bastasse por as criancinhas a mictar no oceano, é a sra. que aos fins de semana vai para os lados da Luz por o dente nos meus sobrinhos. - Almerindo alça do tentáculo e faz uma gravata a D. Isaura.

17/7/06 16:24  
Blogger Rui said...

Esta saiu mal amanhada, mas foi com boa vontade.

17/7/06 16:27  
Blogger segurademim said...

certíssimo!!! confere - mergulho no terceiro mundo - quem te manda a ti estares tão empedernido de (pre)conceitos ocidentais?

então e uma actualização da etnografia? nunca estudaste povos que se besuntam com urina e excrementos de animais sagrados? pois é assim! cada povo com seu uso, cada roca com seu fuso ...
devias ir mergulhar mas era no Ganges

criatura intolerante! deixa lá as criancinhas fazerem chichi à vontade... se não queres mergulhar nesse líquido, muda de praia, ora essa!!!!!

17/7/06 16:30  
Blogger Joana said...

estou a ver que aquela praia... aquele mar estava um belo caldinho... bacalhau com todos!
:)
Amei o texto!

BJS

17/7/06 16:54  
Blogger Teresa Durães said...

o que eu mais gosto é da gente que se baba com os bifinhos de cebolada dos outros e depois dizem que querem voar para andar a gamar!

17/7/06 19:55  
Blogger inBluesY said...

Perdida Estou !!!!!!!

é que não entendo mas pq tantos comentários a falar de polvo ?!??!

e perdida q estou já nem sei que vinha aqui dizer...hummm já sei !


Gostei do disfarçado assobio até o imagino de boné!


1BJ*

17/7/06 21:57  
Blogger Llyrnion said...

O polvo... o polvo...

Epa, é inexplicável... os seus tentácluos espalham-se por td a parte... a sua influência influencia (hã?? hã?? Sou ou não fluente??) td e tds. Não há como escapar, a não ser...

Procurar a rotunda mágica, e dar lá três voltas - a primeira, q é a q tds dão... a segunda, q pensas q é a última... e a terceira, q é qd te passas.

Só assim conseguirás escapar do polvo...

Bme, é claro q continuarás perdida, mas isso já é outra história :)

18/7/06 00:25  
Blogger Llyrnion said...

Caro Legível, já alertei anonimamente a PJ para os maus elementos q frequentam as praias lusitanas.

Obrigado por nos chamar á atenção para estes pequenos problemas.

:)

18/7/06 00:27  
Blogger Vanda Baltazar said...

:)) se amanha não tiver tempo para cá vir....já sabes :)) deixo cá um xi coração amigo até ao meu regresso :))

Tudo de bom para ti, até lá :))

e depois, tambem :))

Van

18/7/06 02:02  
Blogger Sofia said...

ehehehhehe tadinhos dos meninos, estavam aflitinhos. Tu tambem, andas sempre de camara em punho. Nao deixas ninguem em paz!

;)

bjs

18/7/06 10:20  
Blogger Teresa Durães said...

Tentou ir para a praia, é certo. Ninguémpode dizer o contrário. Mesmo tendo esquecido a lancheira com o frango assado em casa, não desistiu. Nem quando perdeu a camioneta para a costa da caparica. Teimosamente esperou pela próxima, sem arredar pé da paragem.

(nem desmotivou fazendo o percurso de uma hora, em pé, no meio de toda aquela gente engalfinhada no transporte a precisar de uma reforma completa)

Tão pouco quis saber se chovia a potes e a praia encontrava-se deserta devido ao mau tempo. Pelo menos não apanharia a miudagem das escolas com os maus hábitos anteriormente assistidos.

Mas quando as gaivotas fugiram do mar para se abrigarem da tempestade, lançando grandes piados e atirando-se ao unico humano que fazia figura de tolo todo encharcado, aí, sim, o Legível correu a sete pés e esqueceu as promessas feitas para si nesse dia!

18/7/06 15:30  
Blogger alice said...

amigo, tenho uma dúvida existencial

já não sei se gosto mais dos teus posts se dos teus comentários...

o meu coração balança numa corda sem rede e vai cair, vai cair, vai cair... olha, caiu!

resultado da queda aparatosa: gosto de ti de qualquer maneira!

beijo imenso,

alice

18/7/06 16:27  
Blogger Maite said...

Caro Legível
Nada mais apropriado, nessa situação, do que cantar "heróis do mar nobre povo nação valente..." . Aliás, chamar-lhe-ia um saída muito airosa :)

Tenha uma boa tarde

P.S. e agora vou ler as suas últimas histórias

18/7/06 20:53  
Blogger nnannarella said...

Venho aqui só para te dar um olá auspicioso, que tenho vergonha de ser a primeira ali em cima...:)E vamos a ver se fica, dada a dpresddsão do pc

19/7/06 01:23  

Post a Comment

<< Home