Monday, May 24, 2010

O CU DE JUDAS

"Ainda vai ter de andar muito, vai. Mas ao chegar, verá que valeu a pena o sacrifício. O mural é uma obra-prima e, apesar dos tempos difíceis desta medonha crise, ainda não roubaram nenhum discípulo. Pelo menos nenhum se queixou. Nem o traidor e esse ainda teria menos razão para se queixar, porque quem tem cu tem medo."
2010. Alberto Oliveira.

19 Comments:

Blogger Rosa dos Ventos said...

Na "Última Ceia" todos estão sentados...
Será por isso?
Afinal ninguém escapa ao medo, traidores e fiéis...
Pelo sim, pelo não é melhor esperar sentado!:-))

Abraço

25/5/10 15:40  
Blogger Justine said...

E a memória de elefante? E o conhecimento do inferno?

25/5/10 18:15  
Blogger CamilaSB said...

«Tudo vale a pena se a alma não é pequena» só que o cu de Judas parece tão distante que nem a es perança o alcança!
Qual crise? Isso deve ser um estrangeirismo...os discípulos não vislumbro, devem andar à procura do cenáculo para a ceia (inclusivé o traidor para desferir o beijo hipócrita)eu também a nadar sou como o prego!Abraço!

26/5/10 01:36  
Blogger CamilaSB said...

...com a pressa a esperança deixou para trás as letras: es

26/5/10 01:40  
Blogger MagyMay said...

... e há o dito apertadinho...
também, "formato" de quem tem medo.

Mas cu de judas lembra mais fim de crise...
... longe como o caraças!!!

Abraço, sorriso e vice-versa

26/5/10 16:16  
Blogger Lídia Borges said...

Fica longe, fica! Se é no "cu de Judas" Os discípulos são intocáveis em especial o traidor.

L.B.

26/5/10 21:15  
Blogger lélé said...

Da fama já não se escapa, mas tudo indica que o traidor, aliás, os traidores, foram os outros... que também não se queixam...

Não gostaria de dar demasiada importância àquele porco, mas digo-o com alguma esperança no futuro, talvez um dia se venha a usar a expressão "no cú de Sócrates"

27/5/10 00:39  
Blogger Idun, a felina said...

caro legível, eu percebo as tuas intenções, quando introduziste, na foto, a figueira; e ainda, como quem não quer a coisa, prantaste, mesmo ao lado,um pedaço de corda, bem à mão de semear. mas deixa-te de ilusões: bem podemos esperar sentados que o traidor se enforque (por falar nisso, depois de uma análise mais atenta, reparo que o cu de judas ficou um bocado tremido...).

marradinhas da bicharada e abraços da Humana.

27/5/10 16:22  
Blogger bettips said...

Não me dão "o tempo": eu roubo-o, aos bocados, na feitura da minha vida.
Por isso me vou repetir sem vos ler como vos gosto. Deixo abraços porque me sois belos.

28/5/10 02:00  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

e tem 30 moedas....

bom fim de semana!

beij

28/5/10 08:56  
Blogger ss said...

Já dei uma 'cuscada' nos teus trabalhos.
Os meus olhos ficaram em especial na camisa branca.
Adorei mesmo, é daqueles trabalhos que não te cansas de olhar. Parabéns.

(que materiais usas?)

28/5/10 11:06  
Blogger Fa menor said...

... então, quem não tem medo é porque não tem (...) oh!

:)

Bjs

28/5/10 11:51  
Blogger Rui said...

Essa de ter medo quem tem cu, já deu muitas chatices. Mas sobre isso, explicarei-me melhor na próxima semana. Entretanto, vou ver da salada abençoada. A de tomate.

28/5/10 14:34  
Blogger O Puma said...

Nunca fiando

28/5/10 15:01  
Blogger alice said...

não se diz cu, diz-se tutu :) era o que me diziam em criança lololol

beijinhos, alberto.

28/5/10 21:34  
Blogger Ruela said...

;)

30/5/10 13:31  
Blogger Licínia Quitério said...

Medo tinha, que bem se nota como lhe treme o dito cujo quando o Mestre falou em trinta euros!

30/5/10 16:17  
Blogger Rui Fernandes said...

Quando era puto estive no cu de Judas e nunca fui bafejado pelo medo. Ora toma!

4/6/10 19:53  
Blogger tb said...

Ora essa, ora essa... e eu aqui a ponderar porque seria que me faltava o medo... será? hum hum. Dizem ficar longe sim, muito longe. mas lá que existe... sem pinturas nem cabeça. :)
beijokinhas

14/6/10 15:59  

Post a Comment

<< Home