Sunday, May 30, 2010

O COTOVELO DA DOR(ES)

Nunca se ouviu a Maria das Dores (apesar de uma vida a caminho dos médicos e hospitais) sentir dor de cotovelo por as suas amigas serem mais saudáveis do que ela... Uma coisa era certa: podia dar-se por muito feliz em relação à colunável Vénus de Milo.
2010. Texto de Alberto Oliveira.

26 Comments:

Blogger Há.dias.assim said...

Mas olha que hoje dei um jeito às costas e estou cheia de dores.
Boa semana

30/5/10 22:42  
Blogger MagyMay said...

Ora nem mais!!!
E há sempre um nariz mais torto que um artelho.
E perfeitinho, perfeitinho só o anjinho do retábulo...

Aliviem-se as dores de cotovelo!

Abraços e sorrisos e muito boa semana

30/5/10 23:48  
Blogger CamilaSB said...

Talvez a Maria das Dores ache: que as suas dores, "são mais importantes" que a saúde das suas amigas...
Quanto à Vénus de Milo...de cotovelo não pode ter dores, ficou sem braços!
Cumprimentos.

31/5/10 01:13  
Blogger Licínia Quitério said...

A Dores uue se cuide que a Vénus, que tinha o mesmo defeito que ela, roía as unhas de inveja e só parou onde se sabe.

31/5/10 10:09  
Blogger gabriela r martins said...

eheheheheheheh
que delícia!




.
um beijo

31/5/10 18:09  
Blogger Justine said...

Há gente fantástica!Paciente, resignada - é dessa gente, certamente, o reino dos céus!

31/5/10 18:48  
Blogger Fa menor said...

Ainda bem!... é que as dores de cotovelo doem na alma!

Bjos

31/5/10 19:37  
Blogger Idun, a felina said...

entrevistador - vénus, sente que, de alguma forma, a sua qualidade de vida diminuiu com a perda dos dois braços?
vénus - desculpe, já antes lhe pedi que me chamasse pelo meu verdadeiro nome, que é: afrodite. respondendo, agora, à sua pergunta, devo dizer-lhe que sim, não ter ambos os braços limita-nos bastante, em certas situações. mas... teria sido pior se tivesse, também, perdido a cabeça.

(excerto de entrevista dada por vénus de milo ao conhecido jornal "PRIVADO", em 29.05.2010)

1/6/10 18:06  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

ups...é que as dores de cotovelo, são uma grande canseira, e que as há....isso há!

beij

1/6/10 20:26  
Blogger lélé said...

Quando ouço ou leio "Vénus de Milo" sinto sempre uma certa compulsão para acabar a frase, mas hoje vou controlar, porque a Maria das Dores me fez lembrar a Maria dos Prazeres... Parecem gémeas, tanto nas dores, como nos prazeres!...

1/6/10 22:08  
Blogger dona tela said...

A CONJUNTURA OBRIGA E AQUI ESTOU EU.
ATENTA E OBRIGADA.

2/6/10 15:03  
Blogger Rosa dos Ventos said...

Será que a Vénus perdeu os braços só para não ter dor de cotovelo?!
É que há gente para tudo!
E de estátuas nem se fala...

Abraço

3/6/10 18:24  
Blogger O Puma said...

Com a Vénus

até de cadeira de rodas

4/6/10 11:12  
Blogger Susaninha said...

:):):)
MUITO BOM:)
SUUUUUUUrriisnhos:)

4/6/10 17:44  
Blogger Rui Fernandes said...

Já me havia perdido e há muito que não dava com o sítio. Bem! Eu acho que isto anda minguado... mas é mais fácil de ler, claro.

Com que então a Maria a bater-se com a Vénus! O que a Maria nunca ouviu falar foi de dores fantasmas. Mal ela sabe quanto a Venus não dava para ter uma coçadeira de pau para esfregar o formigueiro do cotovelo esquerdo...

4/6/10 19:51  
Blogger Marta said...

Há dores que se curam, outras que ficam para sempre...
Mas a vida é para viver....e há momentos inesquecíveis...
Obrigada pela visita....
Beijos e abraços
Marta

6/6/10 11:01  
Blogger uminuto said...

é assim mesmo Maria das Dores, porquê olhar para as imperfeições se são os pormenores que nos fazem felizes
um beijo

6/6/10 18:23  
Blogger mixtu said...

sem dúvida
olhando para trás... há muita gente que está atrás de nós...
sem dúvida...

abrazo serrano

7/6/10 23:00  
Blogger Alien8 said...

Lá isso podia, Legível, lá isso podia :)))

Uma belíssima série de curtos, da arte à lavoura e às fábricas... :)

Já me fartei de rir!

Abraço.

8/6/10 21:35  
Blogger Menina Marota said...

Sorrio... e deixo um
Bjo :-)))

9/6/10 11:09  
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

venho deixar um beij

9/6/10 15:07  
Blogger JPD said...

Para as dores de cotovelo apenas conheço uma solução:

Pegar no
COTOVELO

Separar o
COTO
do
VELO

Colocar o coto aceso e longe
para que o VELO (lã cardada) não arda.

Um abraço, Alberto

10/6/10 22:11  
Blogger gabriela r martins said...

então?
ficaste como a Vénus de Milo? por favor ,NÃO!!!!!!!!




.
um beijo ,e não tardes

11/6/10 15:51  
Blogger tb said...

eheheh e a Venus que se cuide que ainda acaba pior... :)
sempre teimas em me deixar com um sorriso nos lábios. :)
beijinhos

14/6/10 15:55  
Blogger R. said...

Impressinou-me o comentário que deixou em "mar arável", consonante com a qualidade que aqui pude constatar e pela qual o felicito. E é também por isso que aqui deixo um "até breve".

14/6/10 19:32  
Blogger São said...

Tudo é relativo: antes a dor, que é sinal de estarmos com vida!

Um abraço.

15/6/10 10:21  

Post a Comment

<< Home