Thursday, October 09, 2008

VOCAÇÕES

"Estou desgraçada! que vem aí o Leandro com aquela carinha de sonso de quem não quebra um prato a assobiar para o lado fingindo que ainda não me viu, o cobardolas. Vocês pensam que estou a encenar algum drama fictício? Pois desenganem-se, que se ficarem aqui mais uns metros hão-de apreciar a arte do parvalhão tentando apanhar-me a jeito e alçando o pé para me desferir um biqueiro com efeito trivela que o gosto para o chuto ficou-lhe de criança. Eu sei a história pela Carminda -a empregada dele aqui da loja de congelados (em frente de onde me encontro a ver se tenho um momento de sorte), que a contou um destes dias a uma cliente. O pai do Leandro levava-o aos Aliados, espalhava pelo chão um punhado de milho, o chavalo corria e eram pontapés que até ferviam, procurando acertar nos pobres dos pombos que tinham vindo ao engodo. A coisa foi de tal modo, que um dia ainda chegou a levá-lo às Antas indagando se tinham uma secção desportiva que se adaptasse aos dotes da criança. Desenganaram-no. As modalidade mais aproximadas eram a emboscada ao leão e o tiro às águias. Bom, vou andando até à Ribeira que por aqui não me safo e o pé do malvado quer afagar-me a penugem... "

2008. Texto e foto de Alberto Oliveira.

33 Comments:

Blogger coelhinho said...

a união faz a força...
temos que nos juntar para lhe dar cabo do canastro.

10/10/08 12:42  
Blogger Maria said...

But dar o salto.
Queda livre ou assim...por causa daquela história das vertigens.

Quanto ao Leandro, pois...

Um beijo na alma

Maria Pedro

10/10/08 22:17  
Blogger ~pi said...

hoje cantavam que se fartavam por lá - na ribeira.

estranhamente tenho medo do bico das gaivotas e sempre as vejo de olhar frio e indagador -

dou-lhe comida à distância, é certo.

e depois há os presentes dários, enfim, por aí... haja paciência e amor aos bichos!!

mas pontapé...ok, jamais!! :)



~

11/10/08 00:19  
Blogger Perdido said...

Ele há Leandros assim! Mas, afinal, o bicho é pombo ou gaivota?

Estou confuso...

Se calhar, vou é dar uma volta com a Carminda.

11/10/08 00:40  
Blogger lélé said...

Pombo ou gaivota, daquelas chuteiras à maneira também eu fugia... A gente nunca sabe se os leões não andam disfarçados de gatinhos!...

11/10/08 04:04  
Blogger Vanda said...

Entre gaivotas assustadas, leões arreliados e aguias engasgadas, há sempre um dragão que nos vai chamuscando os cabelos...


mas não passa de uma lenda :))


Beijos e sorrisos, bom fim de semana!

11/10/08 09:12  
Blogger lilipat2008 said...

Foge...asas pra que te quero...e olha que um biqueirada de trivela não deve ser nada meiga...
Quanto ao tiro às aguias, o que vale é que os tiros nem sempre são certeiros...:P

bjitos

11/10/08 16:46  
Blogger corner said...

dos 'bichos' que mais gosto.

é assim.

11/10/08 18:16  
Blogger M. said...

Eu bem esperei que o Leandro se aproximasse para lhe dar um potapé nas fuças se ele batesse no pombito..
ele bem percebeu e nem se mexeu tás a ver??

as melhoras às nodoazinhas. fora com o tapete voador :))

beijos

11/10/08 21:41  
Blogger dona tela said...

É SÓ PARA DIZER QUE O SEU COMENTÁRIO CHEGOU INTEIRINHO. A HISTÓRIA QUE O SENHOR HOJE CONTA PÕE-ME UM BOCADINHO TRISTE. HÁ GENTE COM MAUS FÍGADOS...

UM BOM DOMINGO, SENHOR ALBERTO.

12/10/08 11:04  
Blogger Rosa dos Ventos said...

Tiro ao leão?
Tiro às águias?
Aliados?
Cheira-me a dragão! :-))

Abraço

12/10/08 11:51  
Blogger L.Reis said...

...é por essas e por outra que depois acontecem coisas terríveis como aquela que aconteceu no filme do Hitchcock...quando a passarada se chateia...sai de baixo...

12/10/08 15:41  
Blogger Alien8 said...

Fugir por fugir, a Ribeira é um belo sítio. O Leandro deve andar por aí a jogar mesmo futebol numa equipa da terceira liga, ou se calhar até da primeira...

Havia um Leandro que o FCP mandou embora, está por aí não sei se no Marítimo, nem interessa para o caso.

Os Aliados, que saudades, a Praça da Liberdade, o Café Imperial, o salão de bilhares do primeiro andar, o terceiro andar e o quarto... onde tudo isso já vai!, como diria o Capitão Cap.

Belo, o discurso da ave.

Bom domingo.

12/10/08 15:44  
Blogger Idun said...

a minha Humana diz que acredita na gaivota, quando fala dos maus fígados do leandro. basta ver o ar façanhudo que ele tem, para adivinhar do que será capaz. ;)
quanto a mim, prefiro calar-me. embora não me lembre de alguma vez ter caçado um passaroco destes...

marradinhas amistosas

12/10/08 20:10  
Blogger Ruela said...

no problem ;)

lembrei-me de ti.




Abraço.

12/10/08 21:20  
Blogger Joana said...

Tenho para mim que a vocação era para as artes marciais! Taikwondo, Kick-Boxing... um verdadeiro Bruce Lee da Ribeira!
:)

13/10/08 12:09  
Blogger Rui said...

A gaivota Adosinda aterrou de supetão, na Ribeira, causando alvoroço entre as colegas.
- Qué lá isso, comadre - perguntou a gaivota Alcina. - Parece que viu águia.
- Ai comadre, pior: vi o Leandro, aquele sonso que parece não ter cara para partir um prato.
- Mas olhe que tem, que ainda no outro dia o vi entrar numa loja de Loiças, Vidros e Utilidades, na Rua do Bom Jardim. Fui-me por à escuta e ouvi-o queixar-se de ter pés de chumbo, que tudo partia, lá em casa, ao pontapé, só de andar de um lado para o outro.

13/10/08 12:41  
Blogger Filomena Barata said...

pois é, as gaivotas por vezes insurgem-se mesmo.
pelo sim, pelo não, eu andei a ver corvos.

13/10/08 13:49  
Blogger Teresa Durães said...

fugir depressa ao leandro!

13/10/08 14:17  
Blogger Filomena Barata said...

ajuda-me Legível, apaguei o que não devia ter apagado ... e juro que não foi das gaivotas ... foi mesmo tão somente um voo demasiado rasante e lá se foi o comentário, sem sequer o ler ...

13/10/08 16:14  
Blogger JPD said...

O Fernão Capelo Gaivota anda a fazer das suas?

Um abraço

13/10/08 22:22  
Blogger Filomena Barata said...

pois amigo, aqueles corvos de S. Vicente deram este fim de semana à costa noutros países do Norte ... naquela mãe das máquinas perfeitas!
Por cá ficaram os pombos, sim esses ratos com asas, desculpar-me-ás tanta maldade! (mas não sou, não o sou juro). Continuação boa semana.

13/10/08 22:51  
Blogger Eremit@ said...

Por favor passa no Eremitério. No post de hoje, 14 de Out. há algo para ti.
Fraterno abraço.

14/10/08 17:30  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

espero bem que ele não pense em caçar coelhos na floresta. bem o lixávamos.


coelhinho

14/10/08 23:31  
Blogger bettips said...

Leio-as aos molhos
e riem-se-me os olhos!
Há grande A., Coração de Leão!
(é das legendas, juro que é das legendas e daquelas coisas a correr em baixo na tv!)
(por motivos pessoais, sim, interrompi Setembro dobrado)
Continuando, á grandes berbicachos desses aqui no Portinhol. O rio até mandou lavar a câmara pelo mais optimu lavador da praça, por mor das gaivotas, pombos, vacas malhadas, cães perdidos sem coleira etc.
Bjinhos e um afago a dobrar.

15/10/08 00:05  
Blogger Paula Crespo said...

Essa vocação para dar caça às águias e aos leões... e depois acordou, não!? ;)

15/10/08 00:36  
Blogger Maria Liberdade said...

Foge, rápido, foge... Que ele com aqula barriga a correr não vai lá e muito menos voa!

15/10/08 10:14  
Blogger Licínia Quitério said...

É assim mesmo, Leandro. Com milhos e bolos se engodam os tolos. Uma migalha aqui, outra acolá e é vê-los a poisar. Depois, claro, é só afinfar-lhes com um imposto extraordinário.
Esse animal de pena saiu-me um queixinhas. Se calhar é dos sindicatos...

15/10/08 14:51  
Blogger Leonor said...

bem sei que deve haver tempestade é no mar, mas também biqueiradas??? estou como alguém lá para cima, eles depois vingam-se...

(se ainda fosse selecção natural... tipo quando o meu gato traz um qualquer pardal na boca...)

15/10/08 18:10  
Blogger Betty Branco Martins said...

.querido Alberto



só posso dizer_______que


adorei esta história


______de penas no ar!!!









beijO_____

15/10/08 22:25  
Blogger Eremit@ said...

Amigo, obrigado por sua explicação a propósito do prémio DARDOS. Compreendo e respeito, mas não obsta a que, em minha opinião, lhe seja muito bem atribuído.
Fraterno abraço

16/10/08 08:13  
Blogger Nia said...

Eheheheh!Hoje é tudo gente conhecida minha:o Leandro (conheço um) e a Carminda foi minha colega de carteira no 5 º e 6º ano.
Por acaso até precisava desse Leandro para dar "biqueiros" nas pombas que de vez em quando me resolvem assaltar ( e outras coisas em -ar ou -ó) o carro, ali debaixo das árvores perto das obras do Metro.
Quê?Caladinha por causa da Protectora dos Animais??!É???E as pessoas , quem as protege?E os carros, hem?Já ouviste falar na Protectora Dos Carros?Eu não!Mas devia haver!Humpft!
A Pomba "já era" como símbolo da Paz!Que paz qual carapuça!Se encontro alguma a rondar o meu carro... eu dou-lhes a paz!Faço parceria e protocolo com o Leandro, ai isso faço!

16/10/08 18:23  
Blogger Lóri said...

Então o sinhorescrivão andou a divertir-se na mui valorosa e invicta cidade. Saudades de lá, mas não tantas qt das 7 colinas. E olha, eu tou procurando cidade que me acolha pois foi eleito um rufião da pior espécie para a prefeitura da minha. Isto vai ser de pior para muito pior, que a Sinhora dos Apflitos nos acuda.

Beijos de verão que se anuncia

26/10/08 23:49  

Post a Comment

<< Home