Thursday, June 30, 2011

UM NAVIO DENTRO DA CIDADE











De facto não é um navio mas sim um barco, uma vez que, aquilo que a imagem mostra, é uma embarcação de pequeno porte em relação ao primeiro (o NAVIO do título) e assim ficaremos entendidos no que se refere a qualquer dúvida náutica. Embora com a quilha fora do seu elemento natural, este barco de modo algum pretende analogias de qualquer espécie, com "o navio dentro da cidade" de André Kedros que muitos tomam por grego de nascença mas que teve o seu berço na Roménia e aqui é chamado à colação apenas por ter navegado na escrita com um navio sulcando mares citadinos. Este barco (o da foto), foi desenhado, "construido" e pintado no "estaleiro" de uma estreita rua da alfacinha Alfama, distingue-se de qualquer outro: tem bico de albatroz e asas de condor. E se por acaso, alguma alma -- daquelas sempre prontas a contrariar a imaginação do escriba, vier com frases do género "ah como te enganas que esse é o bico de um bico de lacre." ou "quem chama asas a dois espanadores que sacudiram o pó dos mastros e do convés, deve confundir um rolo de papel de fantasia com um rolo de papel higiénico. " A cada um a sua verdade, ou o que os seus olhos mais desejam ver; digo eu que faço questão de ter todos os meus olhos bem assinalados no mapa do meu corpo.



2011. Foto e texto de Alberto Oliveira.

6 Comments:

Blogger ss said...

Só eu não tropeço em barcos desses. Está brutal!

30/6/11 11:31  
Blogger Teresa Durães said...

Mas não é um barco mas uma cidade virada de pernas para o ar!!

1/7/11 21:00  
Blogger Justine said...

Um texto digno do título que pediste emprestado:)))
(continuas em forma!)

3/7/11 11:32  
Blogger Rui said...

traem-me os olhos. de barco nesta cidade, nem sinal. no que nos mostras, vejo a cidade dentro do barco. a voar para longe de si.

4/7/11 17:45  
Blogger Mar Arável said...

Há barcos que voam

e nos transportam

4/7/11 22:21  
Blogger Ruela said...

bom ver e ler de novo estas pérolas, abraço!

5/7/11 12:45  

Post a Comment

<< Home